COMO OUVIR A RADIOWEB CARLÃO MARINGÁ

PARA OUVIR A RADIO CARLÃO MARINGÁ, BASTA CLICAR NO PLAY ABAIXO DA FOTO DO CARLÃO.

quarta-feira, maio 30, 2007

Para matar a fome política

Gente, estes dias eu postei um comentário sobre um amigo que frequenta um lanche aqui na Vila Operária, hoje não vou falar do amigo político, mas sim do amigo dono do lanche. Quem em Maringá não conhece o Banzé, cara muito gente boa, ele é uma unânimidade, sair com ele na rua é complicado, pois até os cachorros da rua balançam o rabo quando veem o cara. Mas o mais importante, é que o Banzé, é uma pessoa totalmemte envolvida com os problemas do bairro e da cidade, para quem não sabe, ele está no 3° ano de direito, buscando uma preparação para no futuro enfrentar um dos maiores desafios de sua vida, ser vereador em Maringá. Segundo a comunidade da Vila Operária, o bairro nunca teve um representante oficial, só na eleição passada, mas de 20 candidatos "garimparam" votos no bairro, e por esse motivo, e Vila Operária nunca teve um representante na Câmara de Maringá, motivo este, que levou a comunidade a buscar uma pessoa que fosse realmente comprometida com esta região. Poderia falar mais, mas.......vamos esperar né gente, muita água ainda vai passar debaixo da ponte.

Uma não vê, outra não fala

Esta semana, fui visitar alguns amigos que trabalham na Agência do Trabalhador da Maringá, e pute constatar, que ainda acontece o descaso com as pessoas portadoras de deficiência, principalmente os deficientes auditivos, imaginem vocês, no setor que é responsável por colocar o deficiente no mercado de trabalho, não há nenhuma pessoa que tenha "Libras" (linguagem de sinais), para atender este pessoal, e conforme a Lei, todos os locais públicos, deve ter o interprete. A responsável pelo setor Ana Carmem Dias, que é deficiente visual e que por sinal realiza um trabalho fantástico, fica de mãos atadas, agora imagem, como uma deficiente visual, pode atender uma auditiva? Isto está a beira da loucura, ou da burrice, uma não vê, outra não fala, e dá-lhe conferências, seminários, encontros sobre o tema.....mas, tirar o pé do chão, e a bunda da cadeira, só na teoria, porque na prática, as autoridades só se preocupam mesmo é com seu umbigo.

O "outro" Zorro

Este foi mais um dos meu heróis, gente, eu simplismente adorava o "ZORRO", "LONE RANGER", toda a vez que minha familia vinha para a cidade, já que morávamos na área rural de Maringá, eu ia correndo para a banca de revista mais próxima, e ficava enchendo o saco do meu pai para comprar uma revista em quadrinhos do Zorro, minha mãe fala que eu ficava horas foleando aquela revista, sem contar, que eu tinha delírios noturnos para ter aquele cinturão com as armas, nossa...que saudade. Fiquei sabendo muitos anos depois, que já existia um seriado para a Tv, mas quando eu pude assitir, já era grande, e meu encanto ja tinha diminuido, mas até hoje, quando eu vejo aquele cara, cam a roupa azul, máscara, revólver com bala de prata e gritando: "Aiô Silver", eu fico com aperto no coração...que saudade.

Padrão Globo de qualidade

Não sei se vocês vão concordar comigo, mas eu assisto o jornal do meio-dia da Globo, e fico pensando: Porque a maioria das notícias são de Campo Mourão? O que está acontecendo? Em Maringá não acontece nada de interessante para que possa passar pelo padrão Globo de qualidade? Não sei se vocês perceberam, mas, eu não sei porque eles perdem tempo em produzir um telejornal local, somente em 10 minutos, e que simplismente não mostram nada, fatos de interesse da comunidade acontecem a todo instante na cidade, e eles se resumem em mostrar matérias fúteis dividindo o pouco tempo com matérias falando de Campo Mourão. Alguém poderia explicar o que acontece?

Exercício de democracia

Gente, acho muito legal o pessoal responder sobre as postagens, alguns criticam, outros concordam, isto é que é democracia, parabéns a todos.

segunda-feira, maio 28, 2007

Futuro prefeito de Maringá

Sou amigo do Vandré Fernando, Presidente da Associação dos moradores do Jardim Universo, que também foi um dos vencedores na eleição para o Conselho Tutelar. O cara é muito bom, tem um discurso afiado, e demonstra ter um conhecimento político muito bom e muita paixão pelo que faz. Em uma das reuniões que ele organizou para pedir votos para o Conselho, ele disse que seu sonho, e que ele irá realizar, será ser prefeito de Maringá, talvez não nessa, nem na próxima eleição, mas que ele será, isto eu concordo, será mesmo, O cara promete.

O "pai" do fim da emenda parlamentar

Estão tentando acabar com as tão famigeradas "Emendas Parlamentares", acho muito bom, pois todos sabem, que esta é a maior ferramenta que os nobres parlamentares tem para regar o seu reduto político (tirando sua comissão, é claro), e continuar ter força política em sua, ou outra região da qual ele recebe os melhores percentuais de votação, mas o que muitos não sabem, é quem levantou esta bandeira do término das Emendas pela primeira vez, foi o ex-presidente a Amusep e atual prefeito de Ângulo José Manoel de Campos Silva, o "Zezão". Se algum jornalista estiver interessado, basta buscar nos arquivos dos jornais da região, que encontrará várias matérias do Zezão criticando esta prática, e declarando que ele iria se empenhar para o final desta "vergonha Nacional".

Tá devagar? Vá para a direita por favor!

Me desculpem , mas vou tocar novamente no assunto do trânsito maringaense, e da "bendita" mania do motorista trafegar a esquerda em velocidade baixa. Parece que todos os motoristas leram o meu comentário no blog, não é possível, não existe, repito, não existe mais carros em baixa velocidade na direita em Maringá. Gente, sexta-feira eu saí da Vila Operária, e fui até o Maringá Velho, todas, eu digo todas, as minhas ultrapassagens foram pela direita, pois os veiculos lentos estavam na esquerda. Agora, eu estou errado? A lei não fala que ultrapassagem deve ser pela esquerda? Vou lançar uma campanha para que se faça uma mudança no código de Trânsito, mas essa mudança só estará figorando em Maringá, no restante do país fica como está, a mudança será: Ultrapassagens somente pela direita, quem sabe assim o motorista maringaense, que pelo visto adora fazer ao contrário, volte a trafegar em baixa velocidade pela direita.

NBC anuncia remake da Mulher Biônica




A rede de televisão americana NBC anunciou nesta quinta-feira, 10, a aprovação do piloto do remake da série de sucesso nos anos 70 The Bionic Woman (A Mulher Biônica). A produção foi iniciada em janeiro e agora está autorizada a criação de uma temporada completa. O papel principal é da atriz inglesa Michelle Ryan (foto), de 22 anos. O remake tem entre seus produtores executivos David Eick, que é um dos responsáveis pelo remake de Battlestar Galactica. O episódio-piloto contou com a presença do ator Miguel Ferrer, atualmente co-estrelando o drama Crossing Jordan, exibido pelo canal pago Universal Channel. Michelle Ryan. Na série original A Mulher Biônica, que é um spin-off (derivada) da série O Homem de Seis Milhões de Dólares, uma tenista profissional (Lindsay Wagner) ficou à beira da morte e foi reconstruída com a ajuda da tecnologia para se tornar uma super-heroína. Os remakes de séries geralmente não agradam aos fãs das produções originais (e às vezes nem os mais jovens). Espera-se, ao menos, que a nova série desperte o interesse da Universal Pictures em lançar a série clássica em DVD.

domingo, maio 27, 2007

Muito louco esse Max

Este filme fez parte o do passado de muita gente, inclusive o meu, eu assistí no antigo Cine Maringá (Hoje Igreja Universal), saí do cinema alucinado para ter uma moto, ou um carro daqueles, vejam então o início do filme "MAD MAX". Haaa...quem me vê pela rua, vai perceber que o óculos que eu uso, é igual ao do cara.

sábado, maio 26, 2007

O equilíbrio da alegria


Eles fizeram parte de minha infância, não só minha mas, de muitos, por isso quero prestar a minha homenagem as esses dois gênios da comédia. Por 24 anos de 1926 a 1950, o Americano Oliver Hardy e o Inglês Stan Laurel formaram a mais legal dupla cômica do Cinema e Televisão estamos falando de o Gordo e o Magro.
Quando eu era apenas um garotinho,as apariçoes destes dois malucos faziam meus olhos não desgrudaream da tv ! Eu os considerava ainda mais legais e expressivos que os Tres Patetas !
Vc lebra dos sons dos episódios ? era um caso a parte, cenas e correias ficava emocionantes e estremamente divertidas...
Vamos conhecer um pouco mais sobre estes dois icones do século XX !!
Oliver Norvell Hardy Junior nasceu em Harlem (Georgia, EUA) em 18 de janeiro de 1892, e aos 8 anos já era cantor profissional. Filho de advogado, chegou a se matricular na Universidade da Georgia para seguir os passos do pai, mas abandonou a idéia e preferiu abrir um pequeno cinema, quando ainda tinha 18 anos. Três anos mais tarde, conseguiu emprego no cinema, interpretando quase sempre pequenos vilões em comédias de curta-metragem,chegando a dirigir e escrever algumas delas.
Em 1917, contracenou com Stan Laurel em Lucky Dog, mas na época ninguém notou que aqueles dois atores poderiam ser, juntos, um grande sucesso. Mesmo porque Stan era a estrela principal e Oliver fazia apenas uma ponta. Os dois só voltaram a trabalhar juntos nove anos depois, Enquanto isso não acontecia, Oliver era desperdiçado em papéis menores.
Artur Stanley Jefferson nasceu em Ulverston (Inglaterra) em 16 de junho de 1890. Seu pai era ator, diretor, produtor, escritor e empresário teatral. Estreou no teatro aos 16 anos, em Glasgow (Escócia) e até 1910 ganhou a vida como ator teatral na Inglaterra, interpretando dramas e comédias. Naquele ano, ingressou na famosa companhia de Fred Karno, como ator substituto de Charles Chaplin na primeira turnê do grupo pelos Estados Unidos.
Na Segunda turnê, em 1912, Stan ficou nos Estados Unidos atuando em comédias de curta-metragem e em peças teatrais, escrevendo roteiros e dirigindo alguns de seus filmes. Adotou o pseudônimo Stan Laurel porque seu nome verdadeiro - Stanley Jefferson - tinha treze letras diferentes e, segundo ele, poderia dar azar. Em 1926 o diretor Leo McCarey, dois estúdios de Hal Roach, convenceu Stan e Oliver a trabalhar juntos e já no ano seguinte realizaram treze comédias de sucesso. Com um humor inteligente e visual, a dupla entrou sem problemas na era do cinema falado - Unaccustomed as We Are (29), foi o primeiro filme sonoro deles. Em 1940, terminaram a sociedade com Hal Roach e trabalharam para grandes estúdios como Fox e Metro. Pararam de filmar em 1945 e fizeram duas turnês pela Inglaterra com um show de music hall. Em 1950, voltaram às telas numa co-produção franco-italiana chamada Atoll K (lançado nos EUA como Robinson Crusoeland, e mais tarde relançado como Utopia). No Brasil, teve outros dois títulos: O Paraíso dos Malandros e A Ilha da Bagunça. O fracasso foi enorme - e injusto.
A essa altura, Oliver vivia com sua terceira mulher, Virginia Lucille Jones, com quem se casou em 1940; suas esposas anteriores foram Marely Saloshin, de quem se divorciou no próprio ano de casamento, em 1913, e Myrtle Lee (1921/1937). Não teve filhos, Laureu casou-se seis vezes: com Mae Dahlberg (1919/1925), Lois Nelson (1926/1935), duas vezes com Ruth Rogers (1935/1935 e 1941/1946), Ileana Shuvalona (1938/1939) e Ida Kitaeva Raphael, que o acompanhou de 1946 até a morte, mãe de sua filha Lois.
Oliver faleceu em 07 de agosto de 1957, depois de ficar debilitado de um ataque cardíaco meses antes. Suas cinzas foram depositadas no setor maçônico do Valhala Memorial Park no norte de Hollywood, Stan prometeu nunca mais aparecer nas telas, limitando-se a escrever textos, roteiros e peças humorísticas até morrer, em 23 de fevereiro de 1965. Juntos, fizeram 99 filmes

Se não posto, apanho......HELP

Não sou fã dos Beatles, mas meu filho é, e no Blog, eu nunca coloquei um clip deles, então, para não apanhar, aí vai, HELP.

quarta-feira, maio 23, 2007

Encontro PDT Jovem

O PDT jovem da cidade de Londrina entrou em contato comigo, para comunicar o encontro estadual que ocorrerá em Guarapuava nos dias 01 e 02/06. Neste encontro será discutidos os rumos do partido e atuação da ala Jovem, haverá 2 ônibus saindo de Londrina. Mas, o difícil foi explicar que o PDT maringaense está parado, não existe o PDT Jovem, (pensando bem, nem o adulto), já em Londrina, com o comando do deputado Barbosa Neto, o PDT está a todo vapor, com reuniões contínuas e com muitas inovações, como por exemplo a "Rede PDT", sistema via internet que possibilita o filiado a contactar todos os campanheiros de partido, e receber informações sobre o partido via Msn. Quem se interessar em participar do encontro, entrar em contado com a Dayane pelo fone: 043.3374.1300

terça-feira, maio 22, 2007

Lenda ou verdade?

Em 1972 iniciava pela Rede Globo a novela "O Primeiro Amor", novela esta que ficou muito conhecida por dois fatos: O primeiro foi a morte do ator Sérgio Cardoso que ficou em volto em um grande mistério na época, reza a lenda, que depois que o ator faleceu, e foi sepultado, alguns dias depois, os médicos resolveram fazer uma outópsia do corpo, pois havia uma suspeita que o ator poderia ter sofrido uma catalapsia, ou seja, que ele não estaria realmente morto em seu velório, a surpresa foi que, quando desenterraram o caixão, o corpo estava virado de brusos, e que suas unhas estavam todas quebradas e a tampa do caixão toda arranhada, Crédo, que horror. Mas, parece que isso foi realmente comprovado, ele foi enterrado vivo. A parte boa, desta novela, foi o inicio da dupla "Shazan & Sherife", que fizeram tanto sucesso na novela, que tiveram posteriormente seu próprio seriado. A cena que vou mostrar não é da novela " O primeiro Amor", depois eu vou postar cenas desta novela, mas sim, do Caso Especial "Meu primeiro baile", Estrelado por Ségio Cardoso e Glória Menezes.

Cinzas de James Doohan são jogadas no espaço




Se tudo tiver corrido como estava planejado, as cinzas do ator canadense James Doohan, o Scotty de Jornada nas Estrelas, foram lançadas ao espaço no último sábado (28), a partir de um foguete, no Novo México (EUA). Assim, o desejo do popular intérprete do engenheiro-chefe da nave Enterprise, de que os seus restos mortais deveriam viajar entre as estrelas, será cumprido.
Doohan morreu em julho de 2005, com 85 anos, e as suas cinzas já deveriam ter sido enviadas para o espaço. Mas o vôo foi sendo sucessivamente adiado devido a problemas técnicos e a um lançamento falhado.
O foguete continha ainda os restos de mais 200 pessoas que também quiseram repousar para sempre no Cosmos. Entre elas está o astronauta americano Gordon Cooper, que fez parte da tripulação da Apolo 7 em 1963. Cooper morreu em 2004 aos 77 anos.
Platéia assiste ao lançamentodas cinzas de seus parentes,entre elas, as de James Doohan.
Centenas de espectadores de Jornada nas Estrelas aplaudiram, gritaram e vibraram quando as cinzas de Doohan subiram aos céus.
"Foi ótimo, divertido e queremos ir novamente", disse a viúva de Doohan, Wende Doohan, que apertou o botão de lançamento com a viúva de Cooper, Susan Cooper.
A família de James Doohan pagou 495 dólares (363 euros) pelo privilégio de enviar no foguete, dentro de uma cápsula de metal, um grama das cinzas do ator. Em 2009, será inaugurado um novo serviço em que, por 12500 dólares (9100 euros), poderá ser enviada para o espaço a totalidade das cinzas de um defunto, e já não apenas um grama.
Juntamente com os restos mortais de Doohan seguem um CD em que estão gravadas mensagens de condolências de 11 mil fãs de Jornada nas Estrelas e várias cartas de pêsames num envelope.
O vôo teve apenas 15 minutos. Após, o foguete se separou em duas partes e voltou à Terra de pára-quedas, com as cápsulas das cinzas já vazias. A altura máxima atingida foi de 384 mil pés, ou 115 km.
As cápsulas com as cinzas são recuperadas e colocadas em placas comemorativas, que são dadas aos parentes.
O breve vôo do foguete Spaceloft XL é o primeiro lançamento comercial da Spaceport America, o primeiro porto espacial comercial do mundo. O projeto custou 225 milhões de dólares e foi desenvolvido com ajuda do governo do Novo México.
O magnata britânico Richard Branson disse no ano passado que usaria o local como base de sua agência de viagens espaciais, a Virgin Galactic, que planeja mandar turistas para o espaço até o final da década.
Há seis anos, as cinzas de Gene Roddenberry, o criador de Jornada nas Estrelas, foram também lançadas num foguete para o espaço, pela mesma firma do Texas que agora se encarregou das de Doohan.

CHiP's será lançado no Brasil

A Warner Home Vídeo do Brasil confirmou o lançamento da 1ª temporada da série CHiP's em DVD . A previsão é para agosto de 2007.
Neste momento, a empresa está se dedicando para adquirir as dublagens originais de todos os episódios.
Nos EUA, a 1ª temporada vai ser lançada no dia 5 de junho.
CHiP's - 1ª Temporada Completa vai trazer seus 22 episódios em seis discos. Como extra, a caixa trará um pequeno documentário intitulado "CHiP's: The Ride out of Spanish Harlem" e ainda, uma apresentação da série feita por Erik Estrada, intérprete do oficial Poncherello.
A Warner do Brasil vem trabalhando, ainda em caráter não definitivo, com a idéia de oferecer uma réplica dos óculos dos patrulheiros como brinde de pré-venda.
A capa do box brasileiro terá o mesmo layout da americana (ao lado).
Em breve teremos mais detalhes sobre este aguardado lançamento.
CHiP's
A série sobre patrulheiros rodoviários de Los Angeles foi produzida entre 1977 e 1983 com um total de 139 episódios em seis temporadas. O programa lançou o ator Erik Estrada para o estrelato e, após vários problemas e brigas, Larry Wilcox, que interpretava seu parceiro John Baker, deixou o elenco da série na penúltima temporada e foi substituído por Tom Reilly. O próprio Estrada afastou-se da série durante um curto período para renegociar seu salário, sendo substituído pelo medalhista olímpico Bruce Jenner. CHiP's fez muito sucesso no Brasil, mostrando o dia-dia dos policiais rodoviários da Califórnia John Baker e Frank Poncherello. Montados em suas potentes motos, eles enfrentam quadrilhas perigosas (mesmo que armas são raramente sacadas na série), socorrem vítimas de acidentes de trânsito e até crianças e adolescentes rebeldes. Em cada episódio há sempre uma história paralela que mostra acontecimentos da vida pessoal dos policiais, que são solteiros e estão sempre à procura de um bom romance.

segunda-feira, maio 21, 2007

À direita, por favor

Alguns de meus comentários no blog estão gerando polêmica, e eu acho muito legal a opinião das pessoas e seus posicionamentos, isto que é democracia, legal mesmo. Vou colocar minha opinião em mais um fato que ocorre em Maringá, para mim, está faltando uma aula a mais, nas auto-escolas da cidade, aquela onde se explica que o motorista em baixa velocidade, deve se manter à direita, gente, é insuportável, para vocês terem uma idéia, da Vila Operária onde moro, até o centro, indo pela Av. Brasil, eu contei, 4 carros estavam trafegando devagar na pista à esquerda, é de irritar, pois a gente não sabe se ultrapassa pela direita, e pode ser "fechado", pelo veículo, se dá sinal de luz ou se buzina, se optar pelo dois ultimos, o motorista com certeza vai te xingar, resumindo, ou estressamos e brigamos, ou vamos pedir para que as auto-escolas fechem as portas, pois estão ensinando errado.

Carpenters cantando "Ave Maria"

Como eu sempre disse, sou fã dos "Carpenters", é quem é fã, sempre espera um dia ver seu ídolo cantando uma música que você gosta. Eu sempre achei (não só eu), que a Karem Carpenter tinha a voz mais suave do mundo, e eu sempre pensei: "Imagina ela cantando a música "Ave Maria", deveria ser lindo, e não é que ela cantou mesmo, gente, vejam que maravilha de interpretação, chega a arrepiar.

Alguém tem notebook?

Estive viajando neste final de semana, por isso não pude postar, por falar nisso, alguém tem um notebook sobrando em casa que não use, para me dar de presente, pois estou viajando muito e não consigo postar, pode ser usado e antigo mesmo.

quinta-feira, maio 17, 2007

O menino que nos fez chorar

Quem é morador de Maringá, nunca se esquecerá dos dias de sexta-feira Santa na Vila Operária, do Cine Horizonte, com sua programação de 24 horas, onde as filas dobravam quarteirões. A receita era a mesma: Mazzaropi e Paixão de Cristo, mas de vez em quando, o cinema passava o filme "Marcelino Pão e Vinho", com Pablito Calvo (já falecido), mesmo sabendo da história, o povo não se continham e se desmanchavam em lágrimas, nossa...quanta saudade, o mais incrível, é que, eu nunca ví esse filme sendo apresentado na Tv, pensando bem, foi até bom, pois talves a Tv, acabaria com a nossa sençação de ter assistido na tela grande, e por ficar armazenado em nossa memória.

Praaa vooocêêê

Vocês lembram deste comercial do Banco Nacional? Como havia sinplicidade e beleza nos comerciais antigos, e que ficam quardados na nossa memória. Eu não sei se isso acontece com vocês, mas, toda a vez que vejo algo antigo, da minha infância, eu me transporto, vou muito além do que vejo, entro no "Tunel do Tempo" realmente.

quarta-feira, maio 16, 2007

Gaiola de papagaios

A dois anos atraz, eu trabalhei na Agência do Trabalhador de Maringá, foi uma época de muito aprendizado, mas o que foi importantnte pra mim, foi eu ter me apaixonado pelo setor de PPD (Programa para Portadores de Deficiência), que colocava pessoas portadoras de deficiência no mercado de Trabalho. Aprendí muitas coisas boas, mas também descobrí a dura realidade dessas pessoas, e o quanto a sociedade ainda precisa avançar muito na questão da inclusão. Neste período, perticipei de muitos encontros, conferências e seminários a respeito do tema de inclusão e ascessibilidade, mas percebí, que estes eventos, eram mesmo para cumprir calendários, onde toda a discussão, não saia dalí, palestrantes colocavam suas visões sobre o tema, módulos de discussões eram montados, pareciam "gaiolas de papagaios", onde todos falavam, resumiam e apresentavam soluções, mas, de concreto, nada. Dou como exemplo, a lei que não me recordo o número, que diz que todo orgão público deve ter um intérprete de "Libras", para atender as pessoas portadoras de deficiencia auditiva. Isso não acontece em lugar algum, só para vocês terem uma idéia, Em maringá, só existe uma pessoa capacitada para atender a exigências pedidas nos editais de concursos para intérprete, dificultam ao máximo a contratação. Na Agência do Trabalhador de Maringá, não existe intérprete, até mesmo para o setor de PPD, onde a resposável pelo setor, é deficiente visual, e sofre para poder atender este pessoal. Resumindo, chega das "Gaiolas de papagaios" onde todos só falam, discutem, falam e falam, nem mesmo a igreja Católica no ano passado, onde o tema da "Campanha da Fraternidade" foi os portadores de deficiência, teve uma atuação atuante, pois, fizeram uma passeata no centro da cidade, onde participaram as entidades, mas os padres e as paróquias não apareceram. Aconteceu um outro fato muito triste, neste período, eu tinha um projeto para capacitação dos funcionários das Agências do trabalhador do estado, Psicólogos e recrutadores das empresas, para acabar com a barreira que existe entre os dois lados, pois, por ciúme e medo, a chefia do escritório Regional da Secretaria do Trabalho de Maringá, me "dispençou", fiquei triste, pois o que importava, não era as necessidades de uma parte da populaçao que sofre com o descaso, mas sim, os interesses pessoais e políticos. Espero que um dia isso mude, que as coisas comecem a sair do papel, não por obrigação, mas por amor.

terça-feira, maio 15, 2007

O que realmente aconteceu?

Gente, o que realmente aconteceu na Expoingá no sábado? Os diretores da SRM disseram que não hove nada, que um grupo de rapazes soltaram bombinhas que assustou as pessoas que assistia o show, e que ninguém se feriu, mas, em entrevista a rádio Cultura, o médico responsável no atendimento de casos acidente do Santa Rita Saúde, disse que foram atendidas várias pessoas que se machucaram, inclusive com algumas sendo internadas para observação. Mas, o comentário que está se espalhando na cidade, é que uma das vítimas está em estado grave em algum hospital da cidade, correndo até risco de morte, e que o caso está sendo abafado. Bom, sendo verdade ou não, vamos tirar exemplos do que ocorreu em outras edições da Expoingá, como por exemplo, o acidente ocorrido com um brinquedo do parque de diversões no ano passado, que até hoje ninguém sabe o que aconteceu de verdade, resumindo, casos como este, estão recheando a imaginação popular, e que irão fazer parte das "Lendas Urbanas" da cidade.

segunda-feira, maio 14, 2007

vídeos

Continuo sem poder postar vídeos, que é o carro-chefe deste blog, mas aguardem, tão logo minha querra contra o PC termine, eles voltarão, Ok.

Festas sim, mas sem prejudicar ninguém

Uma amiga me pediu para leve-la até a Expoingá no sábado. Meu Deus, fiquei preso no engarrafamento, o pouco de paciência que tinha, não aguentou, a paciência saiu do carro e foi embora a pé. Concordo com as festas que acontecem em Maringá, acho muito bom, pois a população tem opção de lazer, só tem um problema, ainda bem que eu não tenho lanchonete ou restaurante, pois, com certeza, este pessoal deve estar sofrendo muito, depois da festa da Canção, agora a Expoingá, coitados, e as contas chegam. com poucos ou muitos clientes, elas chegam. Eu acho que está faltando logística em relação as festas da cidade, pois festas seguidas está prejudicando aqueles que realmente trabalham o ano todo, pagando impostos e gerando empregos fixos, vamos pensar gente.

Querra contra o PC

Continuo numa batalha com o meu computador, depois de um virus poderoso, agora o meu Windons deu pau, por isso estou demorando para postar, continuem acessando por favor.

sexta-feira, maio 11, 2007

Defeito de fabricação

Gente, participo da Igreja católica a 26 anos, sou fã do Papa João paulo II, pois sei, que em todos os acontecimentos históricos dos últimos 25 anos, teve uma ação sua. Mas quando eu ví a escolha do Papa Bento XVI, fiquei receioso, pois sei de sua história dentro da igreja, e sei do quanto ele é rigoroso em certos pontos. Enquanto o outro buscava a paz, este faz pronunciamentos que geram polêmicas, começou falando mal dos Muçulmanos, deu um rolo danado, depois, com o seu novo documento fez com que divorciados se sentissem dispresados pela igreja, agora, ele fez um pronunciamento, dizendo para que o povo faça abstinência sexual, tanto solteiros como casados, isso mesmo, até casados, será que eu estou errado, mas então pra que casar? Filhos virão do além? de Outra dimenção? E o "crescei e multiplicai"? Então gente, vamos todos orar para que DEUS, retire o nosso desejo sexual, pois nesse item na contrução do homem ELE errou, viemos co defeito de fabricação, as Tvs devem anunciar que temos todos que nos dirijir a igreja mais próxima, para fazer a substituição deste item defeituoso. Na realidade, estou preocupado com os rumos da Igreja católica no mundo.

quinta-feira, maio 10, 2007

Cadê os meus direitos?

Estou muito bravo com o eu ví ontem no Aeroporto de Maringá. Estão cobrando para se estacionar no local, segundo informações de funcionários, uma empresa ganhou a licitação para administrar e cobrar o estacionamento do Aeroporto, o irritante, é que a guarita de cobrança é bem no início, logo depois da curva, antes da curva, não existe local para estacionar os carros, a não ser que se estacione na plantação de milho, resumindo, ou paga, ou não entra no Aeroporto. Um lojista do local disse que isso afetou seu comércio "A noite não vendo mais nada, meu movimento caiu", agora a minha pergunta: Onde está a opção de quem não quer pagar? A Lei do "ir e vir", que está na constituição, devemos rasgar e jogar no lixo? Já pensaram, se começarem a cobrar para se estacionar na rodoviária, ou qualquer outro local público, que por Lei, é de livre ascesso da população. Podem cobrar estacionamento de uma determinada parte do espaço físico do local, não de todo o espaço, eu tenho o direito de escolher se quero ou não pagar. Aviso aos meus amigos, não me peçam mais para leva-los para o Aeroporto, a não ser que paguem o estacionamento.

Problema continua

Ainda estou com problemas para postar vídeos, o técnico verificou mas por enquanto o meu PC ainda está doente, enquanto isso, vou continuar postando meus artigos e comentários, Ok?

quarta-feira, maio 09, 2007

A doença que todos devemos ter


Muitas vezes eu fico analizando certas coisas que acontecem no nosso dia-a-dia, porque somente no período de aniversário da cidade, os meios de comunicação e governos tentam dispertar o amor a nossa cidade, porque isso não acontece constantemente. Mas mesmo assim, este "amor", é somente de mídia, nada de concreto, o que vemos mesmo, é a total falta de respeito com a nossa história, principalmente no que se refere aos locais históricos, parece que há sempre uma préssa em acabar com esses locais. Isso me faz lembra a música do Roberto Carlos "As Baleias", onde em uma estrofe, ele diz que nossos filhos só verão esses animais em arquivo empoeirados, e isso, parece que está acontecendo em Maringá, uma cidade de 60 anos, onde praticamente sua história está sendo contada por arquivos fotográficos. Mas, ainda à aqueles, que como eu, não se conformam com esta situação. Eu peguei uma "doença" desde a minha adolescência, que me despertou para as coisas antigas, tanto é, que este blog é direcionado para isso, mas não adianta eu ser apaixonado por seriados, músicas, comerciais antigos, se não der valor ao passado de minha cidade, e digo mais, não estou sózinho, existem outras pessoas que também começaram a sentir os síntomas desta doença, e estão começando a perceber que o resgate da história tem que acontecer, não por obrigação, mas por amor. Olhem por exemplo, o Blog do Rigon, que pra mim hoje, é o maior exemplo de uma pessoa "adoentada", onde os espaços de informações, é dividido com as cenas de nossa história. Digo a todos os Maringaenses, se contaminem por esta doença, e não deixem que os "sadios do progresso", tentem nos convencer, de que arquivos deteriorados é muito melhor do que prédios velhos e acabados. Antes que eu me esqueça, o nome desta doença é "Amoringá".

segunda-feira, maio 07, 2007

Me aguardem

Estou utilizando um computador muito antigo Pentiun 233, até o meu sair do conserto, este PC não tem recursos para trabalhar com o Blog, como por exemplo, postar vídeos, então por favor gente, me aguardem, que até quarta-feira o blog estará normalizado.

virus

Atenção, meu computador pegou um virus poderoso, por isso não estou postando, aguardem

sexta-feira, maio 04, 2007

Celine Dion cantando com Elvis no mesmo palco

O que vocês vão ver agora, é uma das maravilhas da computação gráfica, Celine Dion cantando com Elvis Presley, o que???? O cara não morreu a 30 anos atráz? Então, estamos vivendo realmente na era da fantasia, onde quase tudo é capaz, até mesmo colocar no mesmo palco, em um espaço de 37 anos, dois ícones da música mundial, fantástico, e principalmente emocionante.

O que importa é ouvir

Esta semana eu estou romântico, não sei se os clássicos antigos me animam, ou se me deixam pra baixo por me fazerem lembrar do meu passado, mas o que importa é que eu não estou sózinho, neste momento, quantas pessoas não estão sofrendo por paixões não correspondidas, ou revivendo seu passado, não importa, o que importa é escutar músicas, principalmente como esta dos Bee Gees "Massachusetts".

quarta-feira, maio 02, 2007

O "São Pedro" Maringaense

Segundo informações, um político maringaense era fã ardoroso do ex-presidente Fernando Collor, vivia pradando sobre a honestidade e competência do Presidente, se o Presidente fosse pescar de peneira, o cara morria afogado, mas....como aconteceu tudo aquilo que a história registrou, o nosso amigo deu uma de "Pedro", quem? Collor, não conheço! Eeeeeeeu...de jeito nenhum, o cara é ladrão! Nunca ví..nem falei com ele! Bom, será que nosso amigo, agora que Collor voltou ao cenário político, ira voltar a elogiar o seu ídolo?

Fidelidade sanguínea

Você ter um Blog, e expressar suas idéias, é muito arriscado pois você pode ser elogiado como criticado, mas levar ao debate é muito bom. Mas agora vou desabafar algo que aconteceu na última eleição para governador. Todos sabem de meu parentesco com os Senadores Álvaro e Osmar Dias, e desde que comecei a me interessar por política (1982), sempre estive ao lado deles em diversas campanhas que participaram. Com o Álvaro, eu acho que participei de todas de 82 para cá, e nas campanhas do osmar, eu trabalhei desde a primeira. Lembro que na 1° campanha para o Osmar, eu cheguei a tirar férias de meu trabalho para ajudar, passava na residência do hoje vice-prefeito Pupin, pegava os materiais de campanha e rodava os municípios da região. Mas voltando para a última campanha para governador, houve um fato estranho, não fui chamado para ajudar, mesmo procurando os responsáveis e me colocando a disposição, me diziam para aguardar, então, comecei a trabalhar de meu modo, utilizando as ferramentas que tinha, a campanha corria, até que um dia, um primo meu, foi até o comitê para buscar material, um dos responsáveis disse que era para ele sair dali, pois a presença de parentes poderia atrapalhar a campanha, quando soube, fiquei assustado, pois isso nunca tinha acontecido, então para não atrapalhar não aparecí no comitê. Dias depois, a cidade inteira comentava, que eu estava apoiando o "outro", candidato, meus parentes estavam revoltados comigo, todo o lugar que eu ia, me chamavam de traidor. Fiquei muito revoltado, entrei em contato com amigos da imprensa, e expliquei que: A minha fidelidade não era partidária, mas sim sanguínea, tudo o que tinha na vida, eu devia ao Osmar e Álvaro, passei por momentos angustiantes, chegando a ter depressão. Bom, agora a pergunta: Qual a verdadeira intenção das pessoas que fizeram isso? Porque fizeram isso? Qual o perigo que represento para estas pessoas? Porque eu fui impedido de trabalhar na campanha? Desculpem meu desabafo, mas para que ter um blog meu, se não posso também expressar minhas tristezas. Depois de todo este tempo, as perguntas ainda estão no ar.
Obs; Tirando a parte da traição, isso também aconteceu com algumas pessoas que eram e são lideranças, e foram "dispensadas" da campanha assim como eu...MISTÉÉÉRIO.

Meu eterno ídolo

Em todo o tempo que o blog está no ar, eu falei de todos os meu ídolos, só que eu estava esquecendo do principal, não só meu, de muita gente também, JERRY LEWIS. Eu nunca achei alguém que não gostasse dele, fantástico, até hoje eu e meu filhos assistimos seus fimes e rolamos de rir, por isso vou postar muitos vídeos dele, como este, em que ele encena que está escrevendo em uma máquina de escrever imaginária, esta cena virou cult, e está registrada na história do cinema como uma das mais engraçadas, vejam...

É mentira Térta?

O humor na Tv tem sua história, mas quem viveu a época, nunca se esquece dosa programa de Chico Anísio, quantos personagens ele criou em todos estes anos, pena que hoje, ele é simplismente um funcionário da Globo e faz pontas em algumas novelas e especiais, deve ser difícil um artista experimentar o esquecimento, depois de tantos anos de sucesso. Mas...vamos relembra a história e a abertura do programa "CHICO CITY" de 1973: Chico City é um programa humorístico produzido pela Rede Globo e exibido de 1973 a 1980, semanalmente, tendo como figura principal o comediante Chico Anysio. A direção e o responsável pela produção variaram a cada temporada.

No inicio da história do programa, todos os quadros se passavam numa cidade do interior do Nordeste, a tal Chico City, aproveitando o sucesso da novela O bem amado, que fazia graça com personagens e sotaque daquela região do Brasil. O prefeito era o populista e corrupto Valfrido Canavieira. Seu pai era o velhote Seu Popó, que vivia implicando com seu companheiro Albamerindo e com suas enfermeiras. O jornal da cidade, que fazia oposição ao prefeito, era escrito por Setembrino. Na rádio fazia sucesso o locutor Roberval Taylor. Nos comícios de Canavieira, se apresentavam o grupo Baiano e os Novos Caetanos (sátira de Caetano Veloso e os Novos Baianos). Um dos habitantes mais conhecidos da cidade era o famoso Pantaleão, o maior mentiroso do Brasil. Era casado com Terta, chamada frequentemente por ele para confirmar as "histórias" do marido (pelo bordão "É mentira, Terta?") que sempre se passavam em 1927. O protegido do casal era o famoso Pedro Bó, adulto com postura de criança.O último quadro era com o Véio Zuza, uma espécie de pai-de-santo tradicional a quem os personagens iam se consultar sobre problemas diversos. Ele sempre respondia com um misto de ironia e bom-senso. Chico protagonizava todos os quadros principais, mas havia alguns exclusivos de outros humoristas, como o Beleza (o conquistador da cidade) e Bertoldo Brecha (o pretenso intelectual de botequim, que vivia travando "sábios" diálogos com um amigo a quem se referia como "Caro colégua"). Depois a cidade cresceria, se tornando uma metrópole, o que daria oportunidade para o surgimento de nova série de personagens, como o Coalhada (sátira de jogador de futebol em fim de carreira), Bozó (que tentava impressionar dizendo que trabalhava na Globo) e Tavares (um malandro alcólatra, que casou com uma mulher feia e rica a qual chamava de Biscoito).

Mas o destaque era mesmo Chico, que em cada programa de Chico City interpretava vários de seus mais de duzentos tipos: além dos citados tivemos o Coronel Limoeiro, o Professor Raimundo (dois dos seus mais antigos tipos), Qüem-Qüem, Meinha, Mariano, Nazareno, Valentino, entre muitos outros.

Depois do fim do programa, Chico teria na Rede Globo outras atrações, como Chico Total, Estados Anysios de Chico City e o antológico Chico Anysio Show.

Chico City foi uma das atrações do Festival 25 Anos, em 1990.

terça-feira, maio 01, 2007

Pra que correr tanto, se o carrinho do Prever vai tão devagar!


Eu estava estes dias conversando com meu pai sobre as mortes de tantos motoqueiros em Maringá, ele colocava a sua versão sobre o que está acontecendo, segundo ele, o número de veículos em Maringá aumentou assustadoramente, principalmente motos, sem espaço físico para tantos veículos, é claro que acidentes acontecem e acontecerão. Eu já coloquei, que é imprudência mesmo, eu tive moto praticamente a minha vida toda, e nunca me aconteceu nada, pois minha velocidade era abaixo dos 60 Km, e olha que já tive motos grandes, tanto é que naquela época, meus amigos falavam que era muito disperdício de "máquina" a velocidade que eu andava, mas, é a lei da probabilidade, devagar, a probabilidade de acidente é muito menor, pois da tempo de efetuar uma freagem ou desvio, já em alta velocidade fica mais difícil. Para vocês terem uma idéia, eu estava na Av. Mauá em frente ao O Diário, esperando uma pessoa, eu tiva a capacidade de contar, de 10 motos que passava, 9 estava em alta velocidade, todas com risco de acidente grave. Bom....sei lá, acho que todas as teorias são válidas, mas finalizo com uma frase de minha autoria (não copiem, pois já está patenteada): "Pra que que eu vou correr tanto, se o carrinho do "Prever" vai tão devagar!"