quinta-feira, novembro 27, 2008

Agentes sem sinalização

Não sei se notaram, mais alguns agentes de trânsito estão trabalhando apenas com coletes. Esta semana eu estacionei em um local proibido, não por teimosia, mas o local não tinha sinalização, o agente apitou, fui conversar com ele e ví que era meu amigo, imediatamente eu falei sobre a sinalização e percebí que além de não haver sinalização, o agente também não tinha sinalização....rsssss, ele me disse que os uniformes ainda não chegaram, mas foram colocados na rua para trabalhar assim mesmo, eu disse que sem o uniforme, eles não imporiam respeito, ele concordou. Bom, para resumir eu estava certo e ele também, passa a régua e fecha a conta.

Não existe animal feio, mas sim, mal-tratado


Achei muito legal a idéia do Centro de Zoonoses em colocar as fotos dos animais para doação na internet. Na realidade, o centro estava sendo denunciado, porque segundo informação estariam sacrificando os animais, eu, e mais alguns amigos da mídia, criticamos muito esta atitude, eu mesmo falei em um programa de rádio, que a cidade de São Paulo, recolhe, cuida trata e doa os animais, porque Maringá, que é uma cidade pequena em relação a São paulo, estaria sacrificando os animais, era um absurdo, eu disse que não existia animal feio, o que existe é animal mal-tratado, parece que me ouviram, Graças a DEUS.

Olha que vão ter de me engolir hém!

Algumas pessoas moradoras em Ângulo, que apoiaram o candidato Toninho Romano, estão me enviando comentários me ofendendo. Gente, ganhando ou perdendo, a partir do ano que vem, não estarei mais na prefeitura, da pra vocês aguantarem mais 30 dias? Eu vou embora, Calma! Apoiei o Valdo Sim, de mesma forma que torço para o Corinthians e sou Católico, cada um tem o direito e a liberdade de apoiar quem quizer, está na constituição. O Valdo é meu amigo, da mesma forma que o prefeito Zezão, isto quer dizer, que tenho caráter, e fico sempre do lado dos meu amigos. Hááá...ia me esquecendo, não sei se vocês sabem, mas eu sou primo do Senador Osmar Dias, líder do PDT e com certeza o próximo governador, resumindo, o Toninho precisaria mais de mim, do que o valdo, sou filiado ao PDT em Maringá, não fico em Ângulo, independente de quem ganhe, porque não quero mais, tenho outros projetos para minha vida, como disse, com valdo ou sem Valdo, com tonhinho ou sem Toninho, ano que vem estou fora. Agora, se ficarem me aporrinhando, continuo na prefeitura mesmo com o Toninho como prefeito, e vocês vão ter de me engolir mais 4 anos....KKKKKKKKK.

quarta-feira, novembro 26, 2008

Clássica é isso.

Quando eu digo Clássica, é disso que eu estou falando:

E nós? Como Ficamos??

Bom gente, gosto é gosto, cada um tem o seu, mas aqui em Maringá, a coisa é díficil, diferentemente das grandes cidades, onde por exemplo, a uma diversidade de estilos musícais, aqui não, a coisa é diferente, se todos gostam de um estilo, o restante tem de engolir, Calma, desta vez não vou criticar a...éééca, de música sertaneja, mas sim as rádios que operam na cidade. Temos muitas rádios religiosas (até que é bom), AMs e FMs, rádios populares como a Maringá FM, Cultura FM, Massa FM entre outras, que só toca sertanejo (ééca, falei que não ia criticar), rádios informativas como as AMs e a CBN, e rádio alternativa como a Universitária que toca somente MPB (única que se salva), e público jovem como a Jovem Pan. Agora, e quem gosta de músicas antigas tipo Flash Back dos anos 60, 70 e 80, nós tínhamos algumas como por exemplo a Antena 1, que foi arrendada para igreja, A Classic Pan, me desculpem, de classicas não tem nada, tocam 5 músicas que ninguém nunca ouviu e 1 que se conhece, e que de clássica não tem nada. Eu lembro, que não tinha comércio que eu entrava de dia, ou um restaurante a noite, que não estava sintonizada na Antena 1, então eu não posso ser o único que gosta deste tipo de música, então porque não temos emissoras para este filão, que é tão apreciado? Faz muito, mas muito tempo, que eu não ouço mais rádio, e se continuar assim, meu rádio vai pro lixo.

terça-feira, novembro 25, 2008

Um Banzé chateado

Esta semana eu estive conversando com o Banzé, ele ainda está muito chateado com a votação que obteve na Vila Operária, sem contar que ele também era o candidado dos "Lancheiros" da cidade. "É difícil você trabalhar para um bairro ou uma classe por tantos anos, e quando você necessita do apoio, todos te veram as costas" disse Banzé. Para quem não lembra, Banzé foi quem lutou contra o projeto de tirar as maioneses dos carrinhos de cachorrão da cidade, também foi brigar contra o projeto das cadeiras nas calçadas. Mas, a partir de agora Banzé disse que só vai cuidar de sua vida, Bairro e a classe, cada um que se vire.

quarta-feira, novembro 19, 2008

Qual os louros para jornalistas?


O Henri Jr se foi, como tantos outros que tanto fizeram pelo jornalismo maringaense, e que nunca foram lembrados e homenageados, posso estar errado, mas até hoje, tirando o Frank Silva, não lembro dos vereadores de Maringá dar algum título de honra ao Mérito, Cidadão Honorário ou nome de rua, para algum jornalista, ou vivo ou morto. Foi nas teclas das máquinas de escrever, nos teclados dos computadores e nos botões das máquinas fotográficas, que este povo ajudou a fazer a história desta cidade, e se não são reconhecidos, com certeza, é porque seu trabalho é embasado na verdade, e a verdade as vezes realmente dói, e se você está fazendo curso de jornalismo, não espere louros. Quem sabe um dia, um vereador de coragem reconheça o valor, e faça projetos para dar méritos para esta classe. E como disse Luiz Carlos Rizzo no Blog do Rigon; "Fica o exemplo do Henri Júnior de como devemos ser: simples, honesto, colecionador de amigos, profissional competente, sereno, prestativo, sincero e com uma profunda paz de espírito.Quantas pessoas conseguem reunir tantas qualidades positivas assim?

Festa do vestibular da UEM já estava virando tradicional

Em conversa informal com um oficial da Polícia Militar da região, fui informado que a PM está convocando membros da corporação que atuam na região, para atuar na Força Tarefa do vestibular da UEM. Segundo ele, que já trabalhou muito na zona 7, e conhece bem o bairro, o vestibular Virou festa mesmo, estava vindo caravanas de muitas cidades do Brasil, não com estudantes para o vestibular, mas sim para a festa, que já tinha até título: "A Festa da UEM em Maringá". O Oficial me disse, que realmente da pena dos moradores da região, um deles chegou um dia para o oficial, e chorando disse: "Meu imóvel foi avaliado em 170 mil reais a alguns anos atraz, hoje, estou pedindo 70 mil e ninguém quer", Uma moradora foi reclamar do barulho em sua porta, e os "estudantes", começaram a se masturbar na frente dela. A Força Tarefa rejeitou a proposta de mudar a festa para a Vila Olímpica, achei ótimo, e como eu disse no comentário anterior, "Os Cara-Cheia" de hoje, só levam borrachadas pelo ideal de nunca faltar festa e cerveja.

segunda-feira, novembro 17, 2008

Sinalizadores de última geração

Eu não entendi o que aconteceu neste final de semana em alguns pontos da cidade. O pessoal do Setran pintaram somente metade das faixas de pedestre, e colocaram para sinalizar uns pedaços bem pequenos de latões dobrados, alguns carros não conseguiam ver e passavam por cima destes "Sinalizadores", mas a dúvida foi: Porque pintaram somente metade e não terminaram o serviço? Pelo que sei a secagem desta tinta é rápida, mas não, pintaram metade, foram embora, e colocaram estes sinalizadores ridículos que ficou todo o final de semana.

Os jovens de ontem e de hoje

Década de 60/70: OS REVOLUCIONÁRIOS

Jovens indignados com a situação política do Brasil, não aceitavam o comando dos militares, foram paras as ruas, mortos e torturados, buscavam um país livre e democrático, enfrentaram a polícia em grandes manifestações, apanharam, levaram borrachadas, hoje são senhores que carregam no peito o orgulho por fazerem parte da história.


Década de 80/90: OS CARA-PINTADAS

Críticados pela mídia de agocêntricos, se inseriram nas lutas Sociais, levantaram a bandeira das "Diretas Já", e indignados com a corrupção no governo Collor, pintaram o rosto com faixas verde e amerelo, e foram para as ruas em todo o país, inclusive em Maringá, e com a força de seu protesto, fizeram o primeiro impichiman na história deste país, hoje trintões e quarentões, também carregam no peito o orgulho de também terem feito parte da história deste país.


Ano 2008: "OS CARA-CHEIA"

Egocêntricos e materialistas, sem ideologia nenhuma, única preocupação e se vai faltar cerveja nos churrascos, ao invés de palavras de ordem, só repetem refrões de músicas sertanejas tocadas nos carros, e os cérebros abafados pelos bonés, a filosofia é: meu carro tem tantas cornetas, seus heróis são "Fernandos e Sorocabas", "Itamar e Ta Pior", "Zé Ruéla e Parafuso" e por aí adiante, no futuro, gordos e carecas (por causa dos bonés), vão carregar no peito marcapassos no coração por tantos anos de carne e cerveja.

terça-feira, novembro 11, 2008

Walter Guerlles: vai ou não vai

Por falar em PDT, contam as más línguas, que Walter Guerlles foi convidado para ingressar no PDT, e assumir a Presidência, mas não por vontade de seu Presidente, mas sim de alguns membros da provisória (provisória esta que ja está a 4 anos), que sentem a necessidade de um líder. Bom isto significa, que até os membros mais próximos ao presidente, não estão contentes com o partido, principalmente com o desempenho do partido nas 2 últimas eleições para vereador, onde não elegeu ninguém, é claro que a preocupação existe, pois o PDT é o partido do futuro governador do Paraná Osmar Dias (esperamos né), e Maringá sendo a cidade tão importante para o estado e principalmente a "casa" do Osmar, como diz o Bóris Cazói, "Seria uma vergonha" se o PDT continuar sem expressão no cenário político da cidade.

Cabeção dispara a metralhadora

Agneli Barbosa, o popular "Cabeção", membro muito atuante do PDT, disse que ele lutou e conseguiu formar o PDT Jovem de Maringá, só que, é claro que tentaram tirar dele a coordenação, mas não conseguiram, e quem conhece o Cabeção sabe que ele não é de entregar os pontos assim tão fácil, disse também, que o Presidente do PDT Carlos Roberto Pupim, não será candidato a Deputado Federal como muitos estão pregando, segundo Cabeção, Pupim na eleição a governador (onde Osmar Dias quase chegou lá), assumiu a coordenação estadual, mas depois da eleição, deveria ter visitado os municípios agradecer o trabalho dos que apoiaram Osmar, e também manter as bases para a sua Campanha para Deputado, mas Pupim até hoje não voltou, sem contar, que uma campanha para deputado não sai menos que 1 milhão, e o Pupim tem um escorpião no bolso.

sexta-feira, novembro 07, 2008

Para onde foram????

Uma pergunta ficou em minha mente, e na mente dos moradores e comerciantes que residem próximo ao antigo Cine Horizonte; Para onde foram os mendigos e traficantes que moravam ali?
Então, até que essa grande dúvida, que se assemelha a aquela "de onde viemos e para onde iremos" "De onde surgiu a vida", e por aí afora, bom, um dia, passando pela Avenida Mitsuzo Tagushi, cruzando o viaduto do IBC, existe uma praça, e esta praça possui uma quadra de futebol e com uma ATI instalada, que por sinal, esta ATI possui uma cobertura e.......Thiarammmm, então, eles estão lá, enchendo o saco de todo mundo que passa e aporrinhando os comerciantes, do mesmo jeitinho meigo, lembrando, que o 4° Batalhão se localiza a alguma quadras abaixo.

Clima de eleição continua em Ângulo

Quem passa pela cidade de Ângulo, sente a impressão que estamos ainda em época de eleições. Carros de som estão constantemente percorrendo as ruas, com músicas produzidas na região, onde os 2 lados se atacam, churrascos para festejar a vitória do vencedor ainda acontecem constantemente, o lado perdedor, continua atacando com os os carros de som, as bandeiras continuam colocadas nas residências. Ângulo, é a cidade onde a política é mais cultuada do que futebol e religião.

segunda-feira, novembro 03, 2008

Vou continuar colocar o dedo na ferida

Vou botar o dedo na ferida de novo. Esta semana, eu estava assistindo um programa de muita audiência na Tv Canção Nova, na qual Ricardo Sá e mais duas pessoas, um deles um prefossor que não me recordo o nome, respondiam perguntas enviados por email até eles. Uma mulher que a anos trabalha na igreja, enviou uma pergunta, dizendo que estava morando com um homem separado já a 24 anos, e desta união tiveram 3 filhos, e ela questionou, o porque ela não pode comungar. A resposta foi imediata, NÃO PODE, ela pode participar das missas, trabalhar na igreja, mas comungar NÃO. O que eu fico louco, é que eles disseram para ela participar da pastoral dos descasados ou Pastoral da Misericórdia, pois a igreja acolhe estas pessoas (leprosos), só o discurso de todos eles, é que a Eucaristia é centro, o núcleo da vida do Cristão católico, e dizem mais, dizem que o católico que não toma a Eucaristia, não é católico, pois a eucarista é o alimento do corpa e da alma. Segundo o Padre Jonas Abib "A Eucaristia é como um remédio, o qual temos de tomar constantemente, até ficarmos curados" em uma oração ele disse:"Obrigado, Senhor, pela oportunidade que tenho diariamente de receber-Te na comunhão e assim receber tantas graças de que necessito, especialmente a de vencer a tentação e o pecado. Creio que serei vitorioso, usando esse poderoso remédio que é a Eucaristia.Senhor, obrigado por todo esclarecimento que recebi a respeito da Eucaristia. Dá-me, Senhor, deste pão, para que eu possa ser curado e ressuscitado, conforme a promessa que está em Tua palavra: 'Aquele que come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele, e eu o ressuscitarei' (Jo 6,54.56). Ressuscita-me, Senhor Jesus. Amém!" Então, os separados, segundo a palavra de DEUS, não permanecerão Nele, e não ressucitarão??? Segundo o argumento doutrinário teológico: A Eucaristia comunica, realiza, faz, atua, alimenta, sustenta, santifica a nova, eterna, indissolúvel união e fiel aliança de Cristo com a Igreja (os fiéis). As palavras de Jesus: “Este cálice é a nova aliança em meu sangue que é derramado por vós…” (Lc 22,20). Então, resumindo, sem a eucaristia a igreja não é nada. Mas, como você se sentiria, se no dia da ceia da Natal com a sua familia, onde todos estivessem a mesa, e você estaria sentado, em um canto, sem poder se aproximar, onde todos podem ceiar com a familia reunida, menos você, você continua sendo da familia, os vendo se fartar com todos os alimentos que DEUS nos dá, e você, comendo pão com mortadela. Então, é isso que fazem com os separados, querem sim, a sua mão de obra para a igreja, querem você lá, debaixo de seus pés, servindo de mão de obra barata, e na hora de festejar a união, o amor e tudo mais na Ceia do Senhor, você não pode, fique aí sentado no seu canto, só assistindo, fazendo a sua "Comunhão Espiritual", têrmo esse que significa, imagina você se alimentando também. Amo a minha igreja, mas odeio todo e qualquer tipo de discriminação, queria um dia, só um dia, ser convidado pela igreja para discutir este tema, e se estiverem certos, ficaria feliz em ser convencido que estou errado.