terça-feira, março 31, 2009

Jornal de Bairros já começa a circular na cidade


Como eu havia dado a noticia em primeira mão, está circulando o primeiro número do Jornal de Bairros de Maringá, destacando o Jardim Alvorada. O jornal é dirigido por Antonio José Santiago, tem 16 páginas (seis coloridas) e será quinzenal. Uma das matérias é sobre o Panndora, grupo de heavy metal formado por cinco meninas de Maringá que têm entre 18 e 27 anos. Também o jornal da um destaque a Banda Remember.

Estamos bem de pastores hém?


Domingo passado, a noite, eu estava viajando pelo canais de tv, e acabei parando na RTV, onde estava passando um programa de uma igreja evangélica conhecida na cidade. Em um dado momento da pregação, o pastor falou a maior besteira que eu já ouví em uma pregação, disse ele: "Não adianta nada fazer obras assistências, ajudar os pobres, se não tiver Jesus no coração, isso não adiantará nada". Gente, como é que pode, o que este pastor disse, está totalmente contra a palavra de DEUS, a Jesus disse: "Tive fome e me destes de comer, tive sede e me destes de beber, estive doente e me visitastes, o que fizeres a cada um dos pequenos , é a mim que o fazeis". Sugiro a este pastor a assistir o filme " O quarto sábio", que diz qual é a verdadeira vontade de Jesus, este filme pode ser encontrado nas locadoras. Que Jesus egocêntrico e este que este pastor prega? Um Jesus que só aceita a quem der "moral" a ele, conheço muitas pessoas que nunca colocaram os pés em uma igreja, e suas vidas são repleta de ajuda e amor aos pobres, quer dizer que este povo vai tudo para o inferno? Haaaa....da licença pastor, volta a fazer o curso de teologia (se é que fez), é muito mais fácil falar uma asneira destas, do que a igreja ser cobrada por não ter trabalho assistêncial, daí a grana fica toda pra eles, para contruir mais igrejas, programas de rádio, Tv. Só sei de uma coisa pastor, você tem milhares de almas nas suas costas, e um dia você vei ter de prestar contas.

segunda-feira, março 30, 2009

As pedintes organizadas, será?







Dias atrás, eu falava sobre o número de pedintes que está tomando conta da cidade. Esta semana de manhã pude constatar, só em uma quadra na região central havia 4 mulheres sentadas nas calçadas pedindo esmolas. No post, eu pedia para que uma mulher que sempre pedia esmolas no mesmo local à vários anos, para que ela não usasse mais aquela roupa de “pobre”, que já não colava mais, e não é que ela me atendeu, ela e as outras, hoje estão com roupas normais. Uma delas até me chamou a atenção, uma mulher aparentando uns 40 anos, que tem um rosto muito bonito, outra coisa, todas gordas e fortes. Esta última que eu relatei, que aparece na foto ao lado, não sei o porquê, mas ao perceber a minha presença, fugiu, outra coisa, deu uma impressão de que havia uma ligação entre elas.

Maringá, a cidade que está mudando




Na manhã desta segunda-feira 30/03, pequei um fragrante de acidente no centro de Maringá. Um rapaz de moto bateu na traseira de um Voyage que era dirigido por uma mulher. O me chamou a atenção foi a calma da mulher, ela conversava com os atendentes do Samu, e a todo momento, tentava se colocar a disposição para qualquer coisa, coisa rara de se ver, outro coisa, havia poucos curiosos local, dava até para contar nos dedos. É realmente estas coisas já não chamam mais a atenção, provando que Maringá está mudando mesmo.

sexta-feira, março 27, 2009

Mais REMEMBER

Mais REMEMBER, desta vez eles interpretam "Massachusetts", lembrando que eles estarão se apresentando na Festa da Canção, no dia 18/04, sábado as 21:00 hrs.

quinta-feira, março 26, 2009

Veja uma apresentação da Banda REMEMBER

Aqui está o que todo mundo esperava, cenas de uma apresentação da Banda REMEMBER. Eles interpretam a música "Cherry Red" dos BEE GEES, a gravação e o áudio não está muito bom, mas da para perceber o potencial dos meninos.

Amor de pai

videoSó quem ama de verdade, faz coisas que até a imaginação humana duvida, um pai de quase 60 anos, que foi abandonado pela esposa e com um filho especial, foi participar de uma prova de Triatlo, pois era o desejo do filho, a prova levaria 1 dia para terminar, eles terminaram em dois dias, o público vendo o esforço deste pai, voltou para recepciona-los na chegada.

Não é normal, mas sim coração frio


Esta semana eu fiquei muito triste, desta vez foi comigo mesmo. Eu estava me dirigindo a casa de um amigo meu, iríamos bater um papo regado a Coca-cola e petiscos, no caminho, entrando na Avenida Anchieta, logo percebí uma movimentação, ví de longe o giroflex do Samu, pensei, mais um acidente com moto, já que isso em Maringá está ficando comum (aí que está o problema). O trânsito estava travado, e passando com velocidade baixa, notei um corpo caído com um lençol em cima, e o sangue escorrendo, passei e fui embora, chegando da casa do amigo comentei sobre o que tinha visto, mas logo mudamos de assunto e começamos a fofocar, ops! conversar. Depois de algumas horas, resolvi ir para casa, derrepente no caminho de volta, me deu um "Tilt", pensei: "Meu DEUS, o que está acontecendo comigo? Ví um homem, um ser humano que tinha acabado de morrer, e aquilo não estava interferindo com o meu piscológico, se fosse a anos atráz, no mínimo a noite e o dia seguinte teria acabado, mas não, continuei o mesmo, aquela cena não mexeu comigo, porque isso? Gente, será que a síndrome de cidade grande me pegou? Porque nós somos fruto do meio em que vivemos, como relatei acima sobre os acidentes com moto, que são comuns, mer....eu não deveria de achar comum, nem eu e nem ninguém, está errado. O corre-corre vida está nos deixando insencíveis, não podemos aceitar isso gente, o amor e a fraternidade entre os homens não pode diminuir e nem acabar, pois até os animais sofrem com as perdas. Por isso eu peço a todos que acessem este blog, nunca, mas nunca se conforme ao verem uma cena desta (foto), e vocês acharem que é normal, pois nunca vai ser....NUNCA.

Carro mais barato...menos pra nós.


Não tem jeito mesmo, o brasileiro nunca terá o prazer de desfrutar dos benefícios que outros países tem, a avaresa dos impostos e a ganância deste governo (e dos outros do passado também), nunca irá permitir o acesso a uma melhor qualidade de vida para o trabalhador. A gasolina por exemplo, vendida a preço de banana nos outros países, até os vizinhos, aqui é mais caro que um litro de leite. Vou dar outro exemplo, a imprensa mundial está divulgando a entrada do caro mais barato do mundo, o Nano, que terá um valor por volta de 4 mil reais, só que o carro mais barato do mundo pode não ficar tão barato assim, se comercializado no Brasil. Isso porque o modelo teria que passar por diversas mudanças para atender às normas de segurança brasileiras, o que somado aos custos de importação, fariam com que o preço final do veículo ficasse em torno de R$ 20 mil. Pode?????

quarta-feira, março 25, 2009

Tem rádio no blog....e com música.

Haaaa...cansei mesmo, vou pegar a idéia do Rigon, por enquanto vocês ouvirão a LAST.FM, só com músicas selecionadas, depois colocarei as minhas músicas, Cliquem neste link vermelho ao lado. Como não tem rádio nesta cidade, vamos fazer a nossa.

No encontro dos Reis, súditos dormem




Vou fazer uma pesquisa, quantas vezes por dia, os ouvintes das rádios de Maringá ouvem as frases: “Joga as mãos pra cima”, “Quem está apaixonado?”, “Tira o pé do chão”, “Ôôôôô...qualquer coisa”. Pois é, eu ainda estou na tentativa de escolher para ouvir uma rádio em Maringá, mas está difícil, a massificação do sertanejo, está cada vez mais terrível, e pelo visto, não tem como parar, estão jogando coisas nas letras destas músicas, que pra mim faz os corpos dos grandes compositores rolar nos caixões. Para se ter uma idéia, já não bastava a Cornolândia normal, agora estão incluindo nas letras termos realmente “nada a ver”, por exemplo: Tem um cantor de nome Ruan, que canta uma música, que eu não sei se o termo faz parte do nome da música: “Meteoro da paixão”, gente, existe um termo mais ridículo que isso? Eu não acredito, que um ser humano que fez pelo menos o ensino fundamental, fique cantando uma coisa destas, daqui uns tempos teremos: “Tsunami do amor”, “Vulcão da paixão”(se já não existe), “Terremoto do prazer”, “Enchente do Tesão”, e muito outros até chegar no “Big Bang do Amor”. O pior, foi assistir o programa da Band, “Terra Nativa”, onde em um programa especial, teve presença de Renato Teixeira, que pela primeira vez, o programa iria sair da área da Cornoália. Bom nem precisa falar, as músicas do Renato Teixeira são de arrepiar. O Especial Renato Teixeira reuniu Zé Geraldo, Geraldo Roca, Almir Sater e Dominguinhos em um mesmo palco, mas o triste, era olhar para a cara do público que ali estava, era nítido o descontentamento, os súditos do reino da Cornoália, não estavam gostando daquele tipo de música (e que é o sertanejo verdadeiro). Haaaa.....querem saber de uma coisa? Cada país tem o governo que merece...e a música que merece também

terça-feira, março 24, 2009

Diniz Neto está com blog reformulado

Alô pessoal da imprensa, o jornalista Diniz Neto reformulou seu Blog, e está repleto de informações, vamos acessar e divulgar: www.dinizcn.blogspot.com

segunda-feira, março 23, 2009

Maringá terá novo jornal

Esta é de primeira-mão, dentro de alguns dias estará circulando um novo jornal em Maringá, e que segundo informações, os responsáveis pelo jornal, não são de Maringá, mas sim de Londrina e São Paulo. O jornal será voltado exclusivamente para os bairros de Maringá, além de notícias, o jornal terá uma nova visão da cidade, principalmente, pelo fato de estarem buscando pessoas e situações, onde nenhum outro jornal foi. Segundo o jornalista responsável, existem muitas coisas na cidade a ser mostrado, coisas que os jornais locais não dão mais importância, e que agrada muito a comunidade, é uma visão de fora para dentro, pois como somos de fora, temos uma visão muito mais ampla da cidade. Por enquanto não posso dar nome aos bois, pois não me autorizaram, e outra coisa importante sobre o jornal, é que segundo as palavras dos responsáveis, o jornal será independente, “não teremos e não queremos vínculo com ninguém, já temos patrocinadores, e que não são de Maringá”.

Em breve, mais informações.

Homenagem aos "pequenos" também é importante

Gostaria que alguém me informasse, existe uma rua com o nome de uma das figuras mais folclóricas de Maringá, e que já não está entre nós, o Curiango? Se existe legal, se não, porque ainda não existe? Figuras como ele, ou como o Rosalino falecido a pouco tempo, mereciam esta homenagem, também fizeram a sua parte na história desta cidade, tudo bem, não foram figuras ilustres, não viviam nas altas rodas e nunca estiveram em cargos importantes (Bom o Curiango foi vereador por 30 dias, eu acho), mas gente, deixaram sua marca, e seus nomes sempre vão estar na boca do maringaense. Sei lá, eu acho que se eu fosse eleito a vereador, seria muito criticado, pois sempre olhei não só para cima, pois é onde a gente vê as grandes figuras, mas eu sempre olhei pra baixo também, pois figuras, frágeis e pequenas, também tiveram seus méritos, Homens como o Curiango e o Rosalino, nunca fizeram nada de importante pela cidade, mas onde quer que estivessem, levavam a alegria, um com um cavaquinho, o outro com a sua voz, e me desculpem, levar a alegria para o homem, não é pra qualquer um.

sexta-feira, março 20, 2009

REMEMBER na Festa da Canção


A banda REMEMBER irá se apresentar na Festa da Canção, no dia 18/04, sábado as 21:00, quem não conhece os meninos, e gosta de boa música, é só comparecer. Dentro do repertório normal da banda, que contém BEATLES, BEE GEES entre outros, irá se surpreender, neste show, eles prometem tentar fazer o público viajar no tempo ao som de ABBA e CARPENTERS, vale a pena conferir.

Boca Maldita II, a missão

O que será que aconteceu com a Boca Maldita de Maringá? Ela ainda existe? Lembro que em meados de 93 a 95, eu apresentava pela antiga Rádio Difusora, o programa "Opínião", onde entrevistava os frequentadores da boca, foram muitas entrevistas, alí era o espaço onde as autoridades, políticas ou não, mantinham contato com a comunidade, ao invés da personalidade ir até o programa, o programa ia até ele, era muito legal. Lembro que ganhei até um certificado de frequentador. Agora sabemos que as personalidade saíram daquele local (esquina da Santos Dumont x Getúlio vargas), e frequentam o Café cremoso, vai aí a idéia, de alguém pegar um microfone e ir até lá para entrevistar este pessoal, com certeza, teríamos muitas informções em primeira mão, e a rádio que abrisse espaço para este trabalho, com certeza teria uma audiência boa.

Cérebro.....cérebro....


Vou dar uma dica para quem gosta de filmes de terror, principalmente filmes do mortos-vivos: acesse: http://www.planetahorror.com/search/label/Zombies%20Terror, e baixe praticamente todos os filmes deste gênero. Assistí alguns, principalmente os da década de 80, que me fazia perder muitas noites de sono...rssssss.

Programação local: A hora e a vez do médico....sempre.

Gosto muito dos programas de TV locais, só que, me desculpem os apresentadores e a produção destes programas, principalmente os de entrevistas, parece que Maringá não tem mais ninguém para entrevistar, além de médicos. Todas as noites, ou tardes, nos programas de entrevistas de Maringá, só tem médico falando, tudo bem gente, que a área de saúde é importante, mas deveriam mesclar mais, é especialista nisso, naquilo, doutor isso, aquilo, enche o saco. Maringá é um celeiro de potencial humano em todas as áreas, mas parece que a produção destes programas quer conseguir consulta grátis. Querem audiência? Vamos diversificar gente!

quinta-feira, março 19, 2009

Cultura massificante, daria resultado




Por falar em cultura, gostaria de dar uma idéia para a Secretaria de Cultura do município, que tal organizar eventos culturais nas praças de cidade, mas, nos dias de semana, em horário comercial. O maringaense não tem interesse em ir até um evento cultural, a não ser que tenha música sertaneja, churrasco e cerveja, mas ele é extremamente curioso, basta alguém montar uma barraquinha no centro, que pronto, a multidão se aglomera. Por isso não adianta o povo ir até o evento, o evento tem de ir onde o povo está (me lembrou a música do Milton Nascimento), derrepente, no decorrer dos anos, a mentalidade cultural do maringaense mude, e um simples officeboy curioso, poderá discutir uma peça de Shakespeare ou ato musical de mozart ou saber quem foi Joubert de Carvalho, mas o projeto deveria de ser por tempo indeterminado, pois só assim teremos resultados. Um exemplo disso, foi o que ví, e muitos viram e comentaram, sobre uma apresentação que durou o dia todo, de índios equatorianos (foto), que ficaram o dia todo na praça, mostraram sua cultura, com músicas lindíssimas, danças e cantos, venderam muitos CDs, e o maringaense que ali passou, com certeza saiu dali um pouco menos burro, em relaçãoa outras culturas.

quarta-feira, março 18, 2009

Somos do mesmo time, pra que dividir?

Fazia tempo que eu não falava de política, por isso vou tecer um comentário sobre nosso glorioso PDT. Segundo informações, Roberto Pupin ira deixar a presidência do partido para se dedicar a visitas na região, visando a campanha de Osmar Dias a governador. Pupin está tomando a decisão correta, mas o que muitos perguntam, é, porque Pupin tem um tratamento diferenciado, aos parentes do senador, que tentam se aproximar do PDT. Todos sabem de que forma fui tratado dentro do partido, não fui prestigiado, nem no partido, nem na administração, na eleição para vereador da qual participei, não tive previlégios por ser parente, se bati uma foto com o Osmar, foi porque eu invadi a sessão de fotos e pedi para o Osmar tirar a foto comigo, até aí, tudo bem, vamos nos igualar aos outros que não tem vínculo, mas houve um caso, em que um candidato, que estava com boas chances, além de tirar foto, ainda teve uma carta assinado pelo senador, não era pra ser igual? Outro que se sentiu desprestigiado, foi o Norberto Pitarelli, segundo ele, em nenhum momento ele se sentiu em casa, friesa no tratamento era visívil. Agora vem a pergunta: Não deveria de ser o contrário, já que são parentes, e no meu caso que conheço o Pupin a muitos anos, nós não deveríamos estar juntos, unidos, trabalhando para levar o Osmar ao governo do estado, já que isso é a vontade de todos nós? Haa, ia me esquecendo, se você é parente da Familia Dias, tente se aproximar também do Álvaro Dias, tente entrar no partido do senador, o Guerlles faz o mesmo, não deixa. A prova disto tudo que eu estou falando, é que na campanha a governador que o Álvaro Disputou, foi sua irmã e cunhado que assumiu a campanha, automáticamente, todos os parentes foram convocados para trabalhar. Na campanha do Osmar ao governo, alguns parentes foram até proibidos de ir ao comitê, porque a suas presenças iria atrapalhar a campanha, diziam os coordenadores de campanha. Bom, até armaram para mim, me colocaram contra a familia, dizendo que eu estava apoiando o Requião. Tenho primos, que não olham na minha cara até hoje. Bom, resumindo, gostaria muito que este pessoal revese esta posição, chamasse estes parentes que estão inseridos na politica, e que buscassem a união, o porque desta divisão? Pois se torcemos para o mesmo time, porque segregar?

terça-feira, março 17, 2009

O capeta está cansado

Gente, estes dias eu resolví ouvir rádio, estava meio triste e resolví ouvir uma rádio evangélica, achei uma e fiquei...gente do céu, o que é aquilo? A igreja que arrendou a rádio deveria de ter mais bom censo, em nenhum momento eu ouvi uma pregação bíblica, os caras só falavam do "capeta" e propaganda da igreja, todos os problemas do mundo é culpa do capeta, mas tudo mesmo, até se você lavantou com dor de barriga, a culpa é dele, e o pior, a cada hora, mostravam uma gravação com uma entrevista com o próprio demo e com uma trilha sonora de dar inveja a qualquer filme de terror, o dia todo isso, se falavam 10% de JESUS, 90% era do "encardido", não falavam do Amor de DEUS, não motivam ninguém, não dão esperança e fé, mas sim, que tudo se resume nas armadilhas dos "encostos", nos trabalhos espirituais, etc. A Bíblia diz que: " A boca fala, do que o coração está cheio", será que estes pastores não se tocam que estão fazendo propaganda do demo, é, pois é, pois só falam nele. Bom agora convenhamos, como todo ser humano é egoista, com certeza, estas igrejas estão cheias, porque é muito mais fácil eu colocar a culpa no "encosto", do que eu assumir os meus erros, aceitar que, se as coisas não estão bem para mim, é porque eu fiz algo de errado lá atraz, lei da física "toda ação, tem uma reação", sem contar no retorno financeiro. Eu acho que até o capeta está cansado deste povo colocar a culpa de tudo sobre ele, e com certeza ele sempre vai falar com DEUS dizendo: "SENHOR, por favor me ajuda, não aguento mais, é tudo culpa minha!"

A cultura fraca do maringaense

Esta semana, eu estava conversando com um amigo jornalista de Londrina, sobre as diferenças entre Maringá e Londrina, na área cultural, fiquei com vergonha, realmente, londrina está a anos-luz de Maringá. Ele dizia que londrina, não se resume por exemplo, a um só estilo musical, as diferentes "tribos" se espalham pela cidade, cada um com o seu espaço, como acontece por exemplo em São Paulo, as apresentações culturais sempre lotam os espaços, música, teatro até arte circense acontece na cidade, festivais culturais enchem a cidade com turistas, ele ficou sim, impressionado com a banda REMEMBER, que um diferencial segundo ele no estado, não só pela faixa etária, mas sim pelo conhecimento apurado, não só nas músicas mas em tudo, "Sou ex-prisioneiro político na época do AI-5, e conversamos horas sobre a política daquela época e de hoje, incrível, adolescentes de 12 a 17 anos, me explicando, coisas que até eu mesmo não sabia, embora tenha vivido o período", disse o jornalista. Mas voltando a diferença cultural entre as duas cidades, ele disse que por exemplo, em londrina todos os dias na cancha acústica, ritmos se misturam e com público cheio quase todos os dias. Já Maringá, nem precisa falar, os eventos culturais são pouco prestigiados, independente das classes sociais, aqui o rico e o pobre tem a mesma visão, música sertaneja, churrasco e cerveja, nível cultural baixo, e o pior, isto acontece principalmente no meio universitário, que deveria ser diferente. Achei até engraçado, quando ele disse que isso reflete até no trânsito, pois em Londrina, segundo ele, não existe tanto carro velho rodando. Gostaria de deixar claro, que este meu amigo não estava criticando Maringá e se "gabando" de Londrina, nada disso, estávamos vendo as diferenças. Mas o mais difícil foi ter de concordar com ele, realmente, a cultura de Maringá não existe, não por culpa dos orgãos responsáveis, mas a visão do maringaense é muito limitada, e faz com que Maringá, por enquanto, ainda seja uma cidade de interior,

segunda-feira, março 16, 2009

Não é "Oposição Burra", mas sim "Jéguiana"

Li no blog do Rigon, que algumas pessoas descontentes com a atual diretoria da Associação Comunitária do Jardim Alvorada, estariam movimentando um abaixo assinado para criticar o 9° Festival da Juventude. Gente, eu já fui predidente de bairro, não é fácil não, agora, gente que não tirou a bunda do sofá, que não carregou uma cadeira e que talvez não gastou nem um real na festa, vem querer criticar o trabalho da Associação? Haaa, da licença né, como diz o Datena "Me ajuda aí". Conversei com o Francisco (presidente), gente, o homem estava acabado de tanto trabalhar, derrepente a festa não obteve um resultado satisfatório, não foi por culpa da Associação não, a culpa é exatamente destas passoas que só sabem criticar, se eles tivessem realmente amor pelo seu bairro, independente de ideologia política, estaria torcendo pelo sucesso da festa, agora, além de não ajudarem em nada, querem fazer abaixo assinado. O tempo que estão perdendo nas visitas para buscar assinaturas, seria o mesmo em fazer visitas convidando a comunidade para participar da festa, mas não, a visão é sempre negativista. Vocês sabem qual o nome dado a esse tipo de oposição? "Oposição Burra", é aquela em que os opositores preferem prejudicar o seu bairro ou cidade, só para não dar o prazer do sucesso aos atuais dirigentes, como por exemplo um fato que aconteceu numa cidade vizinha, a Câmara de vereadores "VETOU" a construção de casas populares para os moradores, só para não dar MORAL para o prefeito, isto não nem oposição burra, é oposição "Jéguiana". E pelo visto esta prática ainda continua.

Shos do REMEMBER repercute até em Londrina




Modéstia a parte, mas foi muito bom o show da Banda REMEMBER no 9° Festival da Juventude. Os meninos foram muito elegiados, pessoas me procuravam para comprar o CD da banda, eu respondia que estava saindo, um pessoal de um jornal de Londrina irá fazer uma reportagem com eles, pois eles disseram que nem em Londrina existia uma banda de adolescentes que faz este tipo de som, muito raro mesmo, o próprio jornalista disse que a cada músiva ele se arrepiava. O diferencial também, é a aula que os meninos dão durante o show, a cada música a ser apresentada, eles fazem como os DJ antigos, fazem um histórico da música, muito interessante e diferente, disse o jornalista de Londrina.

sexta-feira, março 13, 2009

Perante DEUS, som os todos iguais

Gente, o tema é polêmico, mas uma pergunta: Se todas as classes que se sentem discrimidas, tiverem uma atenção especial da Sociedade, está atenção não acabará diferenciando dos demais? Por exemplo, os discliminados não querem a igualdade? então, se eles querem ser iguais, porque querem um olhar especial, eu não entendo, gostaria que alguém me explicasse. É negro, homosexual, índio, etc. Todos querem seus direitos, mas espera aí, não sou negro, nem homosexual, nem índio, e porque não mereço os mesmos direitos. Me desculpem, por favor, não sou preconceituoso, pelo contrário, mas porque cotas nas faculdades para pessoas de cor? Éssa pessoa tem que conquistar seus objetivos pelo seu esforço, e não pela cor de sua pele, não é justo por exemplo, uma pessoa que se arrebentou de estudar, ter menos oportunidade do que um índio ou uma pessoa de cor, não entendo, de novo peço desculpa pela minha falta de informação, mas a olhos nús, é isso que vejo. No caso de cotas para deficientes, até que eu entendo, porque há uma dificuldade física ou mental, mas uma pessoa sadia. Se eu fosse negro, me sentiria até inferiorizado por estar em uma faculdade não pelo meu esforço, mas sim, por um previlégio. Meu sobrinho, passou em primeiro lugar em Ciência da computação na UEM, passou no próuni, está fazendo Mecatrônica no Cesumar de graça, mas eu ví o seu empenho, as noites mal dormidas, o terrorismo psicológico que é um vestibular, desculpem, mas não acho justo. Dia do índio, da consciência negra, etc. Ótimo, pois fizeram a sua parte na construção deste país, como tantas e tantas raças também fizeram. Só sei de uma coisa, perante DEUS somos todos iguais, e amados da mesma forma, e seremos tratados da mesma forma, quem quer diferenciar somos nós mesmos. Por favor, volto a repetir, se estiver errado, me corrigem por favor, sou leigo e não quero cometer injustiça.

Banda REMEMBER se apresenta neste sábado dia 14

Só para lembrar, a Banda REMEMBER se apresenta sábado dia 14/03, na praça do Centro Comunitário do Jardim Alvorada, as 18:30, quem quizer ouvir música boa, corre lá.

terça-feira, março 10, 2009

Cartaz do Festival da Juventude


Este é o cartaz do 9° Festival da Juventude, onde a banda REMEMBER irá se apresentar

segunda-feira, março 09, 2009

Fé sem obras é morta.

Esta semana eu me emocionei muito ao ver no programa do Luciano Huck, uma senhora que cuida de 46 crianças e adolescentes. Numa chácara doada, ela "rebola" para dar casa, comida e estudo para as crianças, mas o que mais me impressionou, foi a educação daquela crianças, nenhuma deles ficava fazendo bagunça durante as filmagens, pareciam soldadinhos. Mas, por outro lado, me revoltei também, pois uma mulher, sem condição nenhuma, estava tentando dar uma vida digna a estas vidas tão dependentes, enquanto nós vemos tantas crianças abandonadas, na fome, e que no futuro nem precisa falar no que elas serão, não vou criticar os políticos, porque sabemos que o caração deles está ponta do dedão do pé, mas sim diversas denominações religiosas, que tem sim, o DEVER de fazer alguma coisa e não fazem, pois de todos os Mandamentos, Jesus só deixou 2 "Amar a DEUS sobre todas as coisas e ao PRÓXIMO como a ti mesmo", amar a DEUS, haaa sim, nisso eles são ótimos, bradando louvores e erquendo as mãos, mas ao próximo nada. O Missionário RR Soares foi questionado em um programa seu, o porque que a sua igreja não faz obras assistênciais, ele respondeu que a função de sua igreja é só a evangelização, haaaaa é bem mais fácil né gente, muito mais cômodo e mais vantajoso financeiramente, o amar ao próximo parece que não tem tanta importância, pois o que importa é avangelizar, se o evangelizado estivar passando fome, problema dele. A igreja Católica até que é mais observadora nesta parte, e olha que nem exige os 10%, mas 99% das igrejas evangélicas, não possuem nenhum trabalho social, o dinheiro que entra é só para reformar e abrir mais igrejas, para atrair mais clientes, opa! Desculpe, membros. Se eu estou errado, desafio a qualquer pastor de qualquer denominação, e me informar, o porque não é dado importância ao Social nas igrejas evangélicas, como eu disse, fé vertical é fácil, quero ver a fé horizontal, porque em Maringá por exemplo, é raro existir algum asilo para idosos, crianças abandonadas, dependentes quimicos, mãe solteiras, Aidéticos e tantos e tantos seres humanos que precisam uma de mão estendidas, que seja de alguma igreja evangélica, a fome a assistência não importa, o que importa é o ar-condicionado que a igreja precisa, ou na nossa igreja a ser fundada na Suiça, ou o canal de Tv que vamos comprar....Améééém. "Tive fome e me deste de comer, tive sede e me deste de beber" e não é fome da Palavra de DEUS não viu, como dizem alguns teólogos evangélicos, é fome de comida mesmo. Não vou citar a denominação, pois posso ser processado, mas, o dinheiro que entra é tanto, que eles nem sabem o que fazer, e então ficam contruindo megas igrejas pelo Brasil e pelo mundo, e o pior, ainda acham que só eles serão salvos, e irão para o céu dentro de seus térnos. Será que um pastor de qualquer denominação religiosa, ou até mesmo um padre que só pensa em reformar igreja, não se envergonha de assistir matérias como esta, onde mostra uma simples mulher pobre, cuidar de quase 50 crianças abandonadas, será que lá no íntimo de seus corações não existe um mínimo amor e compaixão, e uma inquietude movida pelo Espírito Santo, a pelo menos pensar em tomar uma atitude, e daí sim, ter o que apresentar a DEUS, uma semente que realmente produziu frutos. Continuo a desafiar, pastores, me convençam que estou errado! E terei o maior prazer de postar outro texto com os seus argumentos.

quarta-feira, março 04, 2009

Cine Horizonte, minha saudade




Li no blog do Rigon, que a demolição do Cine Horizonte já começou. Nada pode parar o progresso, nem a memória, nem as lenbranças, nem a saudade. Um dia, eu entrei em uma sala que fica atraz do prédio, nesta sala ví muitos rolos de treilers de filmes antigos e também os rolos do filme "A paixão de Cristo" que passava todas as Sexta-Feira Santa, juntamente com dois rolos de filme do Mazzaropi (Portugual, minha saudade), entrei em contato com o responsável, Sr Álvaro, e pedi que me desse os rolos, para que eu guardasse para a história da Vila Operária, estou esperando a resposta até hoje. Na demolição, com certeza estes objetos tão preciosos para nós também irá se perder, como perdemos os projetores, roubados por usuários de drogas. Por favor, se alguém tiver contato com os responsáveis pela demolição, peçam para eles doarem estes rolos de filmes para a Associação Comunitária do bairro, ou para mim, pois no futuro, estes objetos serão muito valiosos para a história de Maringá e da Vila Operária.

terça-feira, março 03, 2009

Banda REMEMBER começa a se despontar em Maringá



A Banda REMEMBER vem se despontando no cenário musical maringaense. Ao invés do convencional, como Pop Rock, Hip Hop, sertanejo entre outros estilos, a banda tem o diferencial de fazer o estilo Flasback, interpretando músicas de bandas famosas dos anos 50, 60 e 70, como BEATLES, BEE GEES, CREEDENCE entre outras, outro diferencial, é a faixa etária dos componentes da Banda, todos adolescentes na faixa dos 12 aos 17 anos. Não é só musicalmente o conhecimento da banda, eles são extremamente inteirados das histórias das bandas e das músicas, como por exemplo, um dos vocalistas Augusto Cesar (15), que além de um conhecimento apurado, ainda é colecionador de discos em vinil dos BEATLES, com apenas 15 anos, ele diz que o som remasterizado do CD faz perder o "charme" que o vinil tem.

Site www.diarionoticias.com.br dia 03/03/2009

Horário da inauguração da quadra coberta

Estão me perguntando o horário da inauguraçãoda quadra coberta do Centro Esportivo da Vila Operária, será as 9:00 horas da manhã, na sexta-feira dia 14/03.

segunda-feira, março 02, 2009

Fator humano é esquecido na Operária

Por falar em Vila Operária, o que será que está acontecendo com as lideranças do bairro em relação a administração municipal? Primeiro foi o Eduardo Português que foi candidato a vereador e ajudou na campanha do PP, não foi prestigiado e acabou falecendo de infarto, agora fiquei sabendo que o presidente da Associação do bairro Wilson Murta, que também era cargo comissionado, amargou muito tempo na geladeira na espera de retornar ao posto da saúde do bairro, voltou, mas segundo informações, com o salário reduzido. Bom, não vamos negar que a atual adminsitração faz e está fazendo muito pela Operária, mas esquecer do fator humano, não rebercute bem.

Quadra coberta do Centro Esportivo da Operária será inaugurada

Será inaugurado nesta sexta-feira na Vila Operária, a quadra coberta do Centro Esportivo, esta reforma era esperada pela comunidade a muitos anos. É claro que muita gente queria mesmo que o Centro Esportivo saísse dali e fosse para o Brinco da Vila, e que o local seria tranformado em praça, mas independente das vontades, o local ficou muito bonito, e espero que a comunidade ajude a preservar, coisa que não vinha acontecendo a anos.