COMO OUVIR A RADIOWEB CARLÃO MARINGÁ

PARA OUVIR A RADIO CARLÃO MARINGÁ, BASTA CLICAR NO PLAY ABAIXO DA FOTO DO CARLÃO.

sábado, novembro 19, 2016

Suspeito de abusar da enteada é preso em Maringá

SUSPEITO DE ABUSAR DA ENTEADA É PRESO EM MARINGÁ
Está preso no setor de carceragem da Polícia Civil de Maringá, D. M. S, de 35 anos. A prisão do homem aconteceu na manhã de quinta-feira (17) no Jardim Quebec após a esposa flagrar o marido na sala da casa abusando sexualmente da filha de apenas 12 anos. A vítima que sofreu o abuso é enteada do homem. De acordo com o depoimento da mãe da menina, era de madrugada quando a mulher estava amamentando seu bebê e precisou ir até a cozinha para buscar um pano e acabou flagrando o marido sem roupa no sofá em cima da filha que também estava nua. Questionado, o suspeito no primeiro momento ficou em silêncio mas depois disse que tinha feito uma "cagada". A mãe desesperada imediatamente acionou a PM que ao chegar no endereço realizou a prisão em flagrante do padrasto da menina. Uma equipe do Conselho Tutelar da Zona Norte foi acionada e acompanhou a garotinha até a delegacia da Polícia Civil onde foi ouvida pelo delegado de plantão, Luiz Henrique Vicentini. O preso conversou com o repórter André Almenara e admitiu que estava tendo um relacionamento com a enteada desde o mês de setembro, mas deixou claro que a menina que o seduzia. Já a garota relatou para a mãe que desde os seus 10 anos vem recebendo carícias nas partes íntimas, e que este ano começou a manter relação sexual anal, vaginal e oral com o padrasto. A vítima ainda relatou no depoimento que era obrigada a tomar pílula do dia seguinte. A garotinha foi internada no H.U para tomar medicação e fazer exames para evitar futuros problemas de saúde, e na manhã de hoje recebeu alta médica onde foi levada pela equipe da Ivanete Tramarin Pittarelli do Conselho Tutelar para um acompanhamento psicológico na Delegacia da Mulher. O suspeito foi levado na manhã desta sexta-feira (18) para a audiência de custódia no Fórum de Maringá, foi ouvido e depois retornou para a cadeia onde está com mandado de prisão preventiva onde vai responder pelo crime de estupro de vulnerável. A mãe da menina falou por telefone com André Almenara, e disse que está revoltada, quer justiça e que não perdoa seu marido pelo ato. O repórter André Almenara não divulgará a identidade do homem porque divulgando o nome do suspeito vai expor automaticamente a menina e a família dela. André Almenara

Nenhum comentário: