COMO OUVIR A RADIOWEB CARLÃO MARINGÁ

PARA OUVIR A RADIO CARLÃO MARINGÁ, BASTA CLICAR NO PLAY ABAIXO DA FOTO DO CARLÃO.

sexta-feira, fevereiro 03, 2017

Paranavaí contabiliza prejuízos causados por temporal

Com a trégua da chuva em Paranavaí, a quinta-feira (2) foi de contabilização de prejuízos. De volta ao município após uma viagem a Curitiba, o prefeito Carlos Henrique Rossato Gomes, o KIQ, reuniu o secretariado para discutir medidas de emergência. Depois, saiu às ruas para verificar os estragos. “Vamos fazer projetos e planejar nossas ações. É claro que vamos ter situações isoladas que vão exigir medidas de emergência, mas não faremos ações paliativas. Fui eleito para tomar medidas definitivas e difíceis, e assim farei”, prometeu KIQ. Para o secretário de Infraestrutura, Renato Dultra, é preciso refazer a malha asfáltica nos locais mais atingidos. “Vamos ter que tomar algumas medidas de emergência para não deixar os problemas expostos. No caso do asfalto que foi danificado, será necessário um serviço de limpeza para garantir a segurança dos moradores que trafegam pelas vias e depois uma revitalização do pavimento. Assim, evitaremos outras infiltrações que venham prejudicar a base já existente”, colocou. Segundo o secretário de Desenvolvimento Urbano, Darlan Alves, o processo de formulação dos projetos também necessita ser atualizado, já que é de mais de três décadas atrás. “As fórmulas usadas para produção de um projeto estão defasadas. A prefeitura utiliza índices pluviométricos que estão ultrapassados. A última atualização foi em 1986 e desde lá muita coisa mudou.
Faremos estudos para atualizar esses índices, assim os projetos terão dados reais da nossa realidade”, explicou. Os prejuízos No cruzamento das ruas Bahia e Prudentópolis, o muro da casa foi levado e a lama invadiu o imóvel que fica no Jardim Ouro Branco, um dos mais afetados. Na casa de Fernando Zani, houve desespero, pois a água fez flutuar o berço onde dormia o bebê de dez meses. Entre os três bairros mais atingidos, dez ruas ficaram intransitáveis. Já na zona rural, a Estrada Santa Rosa está interditada, já que houve o rompimento total do aterro. A situação é crítica também nas estradas Mirassol e São José. “É uma situação difícil, mas vamos trabalhar caso a caso para colocar tudo no lugar. Algumas estradas precisam de trabalho mais complexo, por isso devem continuar interditadas, mas logo vamos dar condições de tráfego”, afirmou Tarcísio Barbosa, secretário de Agricultura. Em poucas horas, Paranavaí registrou 109 mm de chuva, quando a média para o mês é de 185. Com informações da Prefeitura de Paranavaí e de Célia Martinez da Rede Massa

Nenhum comentário: