quinta-feira, março 30, 2017

Delegado alerta para golpes de produtos vendidos pela internet

Um empresário foi até a Delegacia de Polícia Civil de Maringá nesta quinta-feira (30) prestar uma queixa, após comprar um sofá em um site de anúncios e não receber o produto. O sofá foi negociado por R$ 1.300 e a vendedora pediu um depósito de R$ 650 antecipado, para “reservar” o móvel. De acordo com informações da equipe de reportagem da Rede Massa, dias após a data combinada para a entrega do sofá, que não foi recebido, a vítima tentou entrar em contato com a vendedora por telefone, mas não conseguiu, e viu que o anúncio havia sido excluído do site. O delegado Luiz Alves alerta para que as pessoas não caiam neste tipo de golpe. “Tenham cautela porque pode ser uma armadilha para outros crimes, como roubos, por exemplo”. Ele também relatou que é preciso “se certificar que aquilo existe para só então efetuar o pagamento e evitar prejuízos maiores”. Colaboração Daniela Borsuk/ Índio Maringá (Rede Massa)

Nenhum comentário: