quarta-feira, março 29, 2017

Funcionário é o principal suspeito de roubo de R$ 55 mil em empresa

Desde o assalto que aconteceu na tarde de ontem (27) a Polícia Militar de Altamira do Paraná, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Estadual investigavam a ação dos bandidos que assaltaram um funcionário do Posto da Cooperativa de Crédito da Cresol em Altamira do Paraná. Hoje (28) o caso tomou novo rumo. Após uma denúncia anônima, os policiais conseguiram deter e prender em flagrante um suspeito: um funcionário, que forjou toda a situação, inclusive ele fez com que o veículo que dirigia saísse da pista, numa tentativa de mostrar aos policiais que havia sido fechado e perdeu o controle do carro que dirigia. A prisão do suspeito aconteceu após a equipe da Polícia Militar constatar que o funcionário havia deixado um balde de sal em uma propriedade rural na estrada da Campina, em Altamira do Paraná. A polícia foi até o local e descobriu que dentro do balde, embaixo dos pacotes de sal havia o valor de R$ 55 mil. A polícia militar seguiu então até o local do assalto e prendeu o funcionário por falsa comunicação de crime e pelo roubo do dinheiro. O suspeito foi conduzido à delegacia de polícia em Campina da Lagoa. Crime Na tarde de ontem (27) um funcionário da Cresol do Posto de Altamira do Paraná comunicou à polícia que foi tomado de assalto na rodovia PR-364, próximo ao Pesque Pague chegando em Campina da Lagoa. As informações eram de que o funcionário levava o malote da Cooperativa de Crédito até uma agência bancária em Campina da Lagoa, como faz habitualmente. O funcionário contou que um veículo Astra, de cor preta, aparelhou junto ao seu veículo e um dos assaltantes que estava no banco do carona puxou uma arma anunciando o assalto. O funcionário contou que nesse momento perdeu o controle do veículo e saiu da pista momento em que os airbag foram acionados. Os assaltantes encapuzados foram até o veículo e armados levaram o malote com dinheiro. O funcionário da Cresol foi encaminhado a casa hospitalar e liberado posteriormente. Com informações Portal O Vale

Nenhum comentário: