COMO OUVIR A RADIOWEB CARLÃO MARINGÁ

PARA OUVIR A RADIO CARLÃO MARINGÁ, BASTA CLICAR NO PLAY ABAIXO DA FOTO DO CARLÃO.

terça-feira, março 28, 2017

Operação da PF que combate tráfico e lavagem de dinheiro é deflagrada e cumpre mandados no Paraná

A Polícia Federal do Mato Grosso do Sul deflagrou na manhã desta terça-feira (28) uma operação para desarticular uma organização criminosa suspeita de tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro. Durante a “Operação All In”, 50 mandados judiciais foram cumpridos, sendo 18 de prisão cautelar, 25 mandados de busca e apreensão e sete de condução coercitiva. Os mandados abrangem os estados do Mato Grosso do Sul, São Paulo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais e Paraná. No Paraná, três cidades são foco da operação. Em Londrina, vários mandados de prisão, busca e o sequestro (apreensão) de uma aeronave foram cumpridos; em Ibiporã houve o sequestro de uma aeronave e em Campina da Lagoa houveram mandados de prisão e de busca. Ao todo, seis aeronaves e cinco imóveis, incluindo um aeródromo, foram sequestrados. Houve também o bloqueio de dinheiro em 68 contas correntes e a apreensão de mais de 35 veículos adquiridos por meio de práticas criminosas. Até o momento as apreensões já ultrapassam os R$ 7.500.000. Esquema De acordo com a Polícia Federal do Mato Grosso do Sul, a droga era internalizada em território nacional por aeronaves e depois distribuída pela região sudeste do país por via terrestre. Durante as investigações foram realizadas duas prisões em flagrante e três integrantes do grupo foram presos transportando mais de 800 quilos de cocaína vinda da Bolívia. A operação foi batizada de “All In” em referência ao Poker devido à forma em que a organização criminosa se arrisca no transporte de grandes carregamentos de entorpecentes. Londrina Na região de Londrina foram cumpridos 8 mandados, sendo de prisão cautelar, condução coercitiva e busca e apreensão. Uma pessoa foi presa por tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e documentos falsos. Outra pessoa foi conduzida coercitivamente por fraude em relação de trabalho e lavagem de dinheiro. Os nomes dos envolvidos não foram revelados. Duas aeronaves Cesnna foram apreendidas no Aeroporto 14 Bis. Segundo a polícia, elas eram usadas para o tráfico de drogas, assim como dois caminhões preparados com fundos falsos. Os veículos de carga também foram apreendidos. Colaboração Daniela Borsuk/ Polícia Federal do Mato Grosso do Sul/Heloísa Pedrosa/Rede Massa

Nenhum comentário: