COMO OUVIR A RADIOWEB CARLÃO MARINGÁ

PARA OUVIR A RADIO CARLÃO MARINGÁ, BASTA CLICAR NO PLAY ABAIXO DA FOTO DO CARLÃO.

quarta-feira, março 22, 2017

Quadrilhas que agiam em cooperativas é presa em Maringá

Após meses de investigação, a Polícia Civil de Maringá desencadeou uma operação para prender uma quadrilha que age em todo o estado do Paraná. Três pessoas foram presas na manhã desta terça-feira (21) na cidade de Londrina por policiais civis da 9ª SDP. Foram cumpridos seis mandados de busca e nove de prisão preventiva em Maringá e Londrina. Foram presos Carlos Eduardo Cabrera de Oliveira, de 19 anos, Cláudio Ancange de Oliveira, de 45 anos, e Marcilene de Moura, de 38 anos, ambos de Londrina. Em Maringá, os policiais civis foram até a casa de outro investigado, mas o casal não estava na residência, apenas um jovem que faz parte da família. Em outra casa, a Polícia Civil foi cumprir um mandado de prisão contra o empresário Luiz Carlos Andrade, de 54 anos, que foi detido em agosto do ano passado pela PC de Maringá. Na época, Luiz Andrade foi autuado por receptação e associação criminosa, ficou preso e depois colocado em liberdade. O empresário está foragido e continua sendo procurado pela justiça. Os policiais foram até a empresa de Andrade que fica na Avenida Brasil, no Maringá Velho. Durante as buscas, nada foi apreendido. De acordo com o delegado Leandro Roque Munin, a quadrilha teria praticado 14 furtos em cooperativas que somam mais de 8 milhões de prejuízos. A organização criminosa furtava defensivos agrícolas. A Polícia Civil chegou até o bando após analisarem imagens de câmeras de monitoramento que apontavam sempre a mesma pessoa de estatura alta. O empresário Luiz Andrade que é suspeito de participar dos crimes e depois de revender os produtos teve seu barracão em agosto de 2016 vistoriado pela polícia. No dia, os policiais apreenderam em torno de 1 milhão e 200 mil de defensivos agrícolas. Ainda de acordo com o delegado, seis pessoas estão consideradas foragidas. A investigação continua para identificar e prender outros integrantes da quadrilha. André Almenara

Nenhum comentário: