sexta-feira, abril 21, 2017

Homem 'desce o taco' em cão para separar briga e causa confusão

Uma briga de cães virou caso de polícia na noite de quarta-feira (19), no Jardim Universo, em Maringá, após um homem ‘descer o taco’ em um cachorro que estava brigando com os animais da sua casa. Ao todo, três cães ficaram feridos e uma velha amizade entre vizinhos ficou abalada. O comerciante Cláudio Almeida chamou a reportagem do Massa News para denunciar um caso de maus tratos a um de seus animais, um vira-lata de porte médio, que ele resgatou da rua e cuida há mais de um ano. A situação aconteceu quando o cachorro pulou um muro de aproximadamente 3,5 metros e correu atrás de outros cães na rua, iniciando uma briga canina. No momento em que os ataques começaram, Antônio Machado, proprietário de um bar da região e dono dos outros cães, pegou um taco de sinuca para tentar separar a briga e ‘salvar’ os seus animais. O homem começou a agredir o vira-lata com o objeto, que chegou a quebrar. “Fiz isso para salvar o meu cachorro que estava morrendo, se não fizesse ele tinha matado o cachorro”, explicou. O proprietário do bar contou, ainda, que o cão do vizinho geralmente ataca outros animais menores na rua. “Eu bati, lógico que bati, bati para poder salvar a vida do outro. Ainda perdi o taco, R$ 25 que tenho que pagar para o dono da mesa”, assumiu. A situação revoltou Almeida, que imediatamente acionou a polícia para que uma providência fosse tomada. “O que eu mais prezo é cuidar dos animais, não admito ninguém judiar dele ou bater neles. Ele está sangrando, todo machucado, ferido, vou levar ele no veterinário, até quebrou o maxilar”, lamentou. O comerciante contou que o vizinho ainda o agrediu verbalmente, dizendo que ele era o culpado pela situação. “Cachorro não pensa, cachorro foi brigar com cachorro, nunca agrediu ninguém na rua. O animal foi ele na verdade”, disse. Ao todo, os três animais ficaram feridos por conta da briga e das agressões, e a amizade entre os vizinhos foi desfeita. “Somos amigos há mais de 30 anos, mas ele está subindo na vida e achando que é o ‘bam-bam-bam’”, desabafou Antônio Machado. Colaboração Índio Maringá/Marcos Vinícius/Rede Massa e Louise Fiala

Um comentário:

JUNIOR disse...

TEM Q DESCER O PAU MESMO, QUEM TEM CAO Q CUIDE, QUALQUER HORA VAI PULAR O MURO E ATACAR UMA CRIANÇA NA RUA.