quarta-feira, maio 03, 2017

COLUNA 03.05.2017

TAMO JUNTO

O Ministro Ricardo Barros se colocou disposição do presidente Michel Temer, para deixar o Ministério, voltar a Câmara dos Deputados para engrossar a votação a favor das reformas. Temer lhe disse: "não é preciso, o PP ja esta em peso comigo.Dito e feito.

PORQUE?

Uma coisa me intriga, o que leva poder executivo e legislativo dar 30 anos de concessão para que o parque de exposições permaneça no mesmo local, atrapalhando e enfeiando a paissagem, sem contar o barulho infernal nos dias de exposição, no local poderia passar no mínimo 03 ruas aliviando o trânsito......30 anos é muito tempo.....Tipo de atitude que não cabe nos dias atuais.

REVOLTA

O povo brasileiro está revoltado pelo fato do STF ter libertado o Zé Dirceu, principalmente nas redes sociais. O ministro Gilmar Mendes disse em seu discurso que os promotores da Lava jato são meninos sem experiência, e que os ministros podem fazer isso pois são simplesmente "supremos".

SEM SAÚDE

Os usuários que precisam de atendimento nas unidades de saúde das cidades da região de Maringá reclamam da falta de estrutura, de profissionais e de remédios. Prefeituras se defendem dizendo que reclamações são pontuais e que as falhas estão sendo corrigidas, batendo na tecla do discurso das dívidas deixadas pela gestão anterior.

JAPONÊS

Sindicatos de agentes da Polícia Federal acreditam que podem eleger, no mínimo, cinco representantes da categoria à Câmara dos Deputados em 2018. O agente Newton Ishii, o inconfundível Japonês da Federal, e Lucas Valença, o Hipster da Federal, são possíveis candidatos. Os policiais se empolgaram depois que 21 agentes se elegeram vereadores no ano passado, na esteira da Lava Jato. 

BRAVO

O prefeito Ulisses Maia está firme em seu posicionamento de não aumentar o valor das passagens do transporte coletivo de Maringá, se a empresa não melhorar os serviços. Ulisses sentiu na pele ao cruzar a cidade dentro de um ônibus da TCCC.

CONFIRMADO

Os procuradores da Força Tarefa da Lava Jato foram avisados que o ex-ministro Antonio Palocci (PT), preso em Curitiba, suspendeu há pouco a negociação para firmar um acordo de delação premiada. A decisão do Supremo Tribunal Federal de libertar do ex-ministro José Dirceu, tomada no final da tarde desta terça-feira.

ÚNICA INTENÇÃO

Não precisa ser expert no assunto para saber que tudo que esta acontecendo no STF, e a desistência da delação do Palocci, é claramente para blindar o ex-presidente Lula. Lula aparece em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto, e caso ele seja eleito presidente novamente, este pessoal voltaria a ter os super-previlégios que tinham quando o PT estava no poder.

Nenhum comentário: