quinta-feira, maio 04, 2017

COLUNA 04.05.2017

HOMENAGEM

Hoje ás 18h30min, o Sargento fahur estará juntamente com a sua equipe, no Plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná, na Capital do Estado, onde juntamente com outros agraciados receberão homenagem proposta pela Fundação Força Trabalhista do Brasil e Central Força Trabalhista do Paraná, em sessão solene em homenagem ao dia internacional do trabalhador.

REABERTURA

O prefeito Ulisses Maia irá para São Paulo para tentar buscar um acordo com a Cia. Melhoramentos Norte do Paraná, para a reabertura do Horto Florestal, que está fechado a muitos anos. O jornal O diário fez uma campanha por muito tempo, mas não conseguiu resultado, vamos ver se o prefeito consegue esta façanha.

SÓ AS BONITAS

O critério gera uma polêmica sem fim, que agita todo o espectro da moçada que se ocupa com as questões de gênero. Perturba também a turma dos Direitos Humanos. E irrita os sindicatos. Tanto é assim que o Sindicato dos Servidores Municipais de Curitiba protestou contra o prefeito Rafael Greca que teria declarado que “colocaria atendentes mais bonitas e simpáticas para a população não ficar tão irritada”. A suposta declaração teria sido feita após o caso de agressão que uma funcionária da UPA Boa Vista sofreu por uma paciente que esperava atendimento.

REQUIÃO COLORIDO

Os evangélicos e os conservadores estão à beira de um ataque de nervos. Vem aí a legalização do casamento gay por obra e graça do senador Requião. A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou substitutivo de Requião, do PMDB, ao projeto de Marta Suplicy, também do PMDB, que permite o reconhecimento legal da união estável entre pessoas do mesmo sexo.

CAIU

Os homicídios caíram 14,35% no Paraná nos três primeiros meses de 2017 em relação ao mesmo período de 2016. Neste ano, foram registrados 585 casos, contra 683 no primeiro trimestre do ano passado. Em Curitiba a redução foi mais expressiva, de 31,5%, enquanto na região metropolitana da capital, a queda foi de 29%. Os dados são da Secretaria da Segurança Pública.

DIFICULDADE

O presidente de Câmara de Maringá, Mário Hossokawa, disse que está em dificuldade de fazer a pauta das sessões. Isto é estranho porque o nível dos vereadores melhorou, mas o fluxo de projetos não, porque esta acomodação dos vereadores?

DIFERENTE

Já disse isso e vou repetir, não concordo com a maioria das opiniões de que o vereador Homero Marchese é ruim, se ele se colocou em uma posição de independência, temos de respeitar, porque que todo mundo tem de aceitar tudo que o executivo diz e faz? É necessário ter vozes em discordância, isso é até saudável.


2 comentários:

Anônimo disse...

Ulisses conseguirá um bom acordo com a cia melhoramentos

Anônimo disse...

A cidade não precisa de vereador