segunda-feira, maio 22, 2017

Contra a prorrogação do pedágio

Para o gestor público Lindolfo Junior, a MP 752, editada pelo governo federal, que visa a prorrogação das rodovias, está contaminada, depois da conversa nada republicana entre Michel Temer e o dono e Joesley Batista, um dos donos da JBS. Neste domingo, em jantar de recepção aos convidados para encontro que vai debater soluções para as cidades, Lindolfo colocou a sua opinião e deixou claro que a posição de renovar ou não será política. “Não podemos aceitar prorrogação dos pedágios no Paraná e o interesse público deve ser defendido, sempre” disse. Rigon

Nenhum comentário: