quinta-feira, maio 25, 2017

Mulher registra boletim após ‘morto’ deixar aranha na casa dela

Uma moradora de Maringá procurou a Polícia Civil (PC), neste ano, para registrar um boletim de ocorrências no mínimo, inusitado: ela quis relatar que uma pessoa morta havia deixado uma aranha na casa dela. O boletim foi registrado no dia 7 de março e, na tarde de ontem (22), ela levou a aranha até a delegacia. Segundo o boletim de ocorrências, a mulher de 53 anos disse que “conversa com mortos” e um deles teria incorporado uma pessoa viva para que colocasse a aranha dentro da casa dela, na Zona 7. De acordo com a denunciante, o morto chegou a dizer para ela que colocaria a aranha lá. No mesmo dia em que encontrou o aracnídeo na residência, procurou o plantão policial para registrar o fato. Na tarde desta segunda-feira (22), a mulher foi novamente à delegacia. Desta vez, levou a aranha do tipo caranguejeira em um copo de isopor. Os policiais tiraram uma fotografia e anexaram ao boletim. A denunciante levou o aracnídeo para casa novamente, depois disso. *Com colaboração de André Almenara

Nenhum comentário: