terça-feira, maio 02, 2017

Onze mortes nas rodovias federais no feriado do trabalho

Em quatro dias de operação da Polícia Rodoviária Federal nas estradas federais do Paraná, foram registradas 11 mortes. Ao todo, foram 104 acidentes e 83 feridos. Os dados são da PRF que também contabilizou 509 manobras de ultrapassagens proibidas e capturou imagens de 6.716 veículos acima da velocidade máxima permitida. Entre sexta-feira (28) e segunda-feira (1º), os agentes da PRF flagraram ainda 163 pessoas sem cinto de segurança e 18 crianças sem a cadeirinha ou com o equipamento instalado de maneira incorreta. Outros 83 motoristas foram flagrados dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas. O acidente mais grave da Operação Dia do Trabalho 2017 aconteceu na noite de segunda-feira (1º), em Alto Paraná, na região noroeste do estado. Um caminhão carregado com madeira que transitava pela BR-376 invadiu a faixa contrária e bateu de frente contra um carro com três ocupantes. Todos os ocupantes do carro, de 51, 55 e 59 anos de idade, morreram no local. O motorista do caminhão, que também morreu, ainda não identificado. Das 11 mortes, sete (63,6%) ocorreram em colisões frontais, que têm como uma das principais causas a ultrapassagem proibida. Dos sete acidentes que resultaram em mortes, cinco ocorreram à noite ou de madrugada e vitimaram fatalmente nove pessoas. Todas os acidentes com mortes ocorreram em pista seca e em trechos de retas. Colaboração PRF

Nenhum comentário: