terça-feira, maio 30, 2017

Um motociclista de 56 anos está internado, correndo risco de morte, no Santa Rita, em Maringá, após uma colisão contra um carro registrada na Avenida Joaquim Duarte Moleirinho, no Jardim Monções, na manhã desta segunda-feira (29). Segundo relato do motorista do carro, Sidnei Amorin, de 39 anos, ele saía de uma vaga de estacionamento na frente de uma academia, quando escutou uma pancada e viu que o motociclista, Cícero Aparecido Faustino, de 56 anos, havia colidido contra seu veículo. De acordo com o Samu, que atendeu o acidente, Faustino sofreu traumatismo craniano e foi encaminhado para o hospital correndo risco de morte. Até as 16h desta segunda-feira ele permanecia internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), conforme o hospital. O motorista e mais dois idosos que ocupavam o carro não se feriram. A reportagem entrou em contato com o Departamento de Trânsito da Polícia Militar (PM), que informou que não estava com o boletim de ocorrência do acidente em mãos para passar detalhes sobre o caso.

Um motociclista de 56 anos está internado, correndo risco de morte, no Santa Rita, em Maringá, após uma colisão contra um carro registrada na Avenida Joaquim Duarte Moleirinho, no Jardim Monções, na manhã desta segunda-feira (29). Segundo relato do motorista do carro, Sidnei Amorin, de 39 anos, ele saía de uma vaga de estacionamento na frente de uma academia, quando escutou uma pancada e viu que o motociclista, Cícero Aparecido Faustino, de 56 anos, havia colidido contra seu veículo. De acordo com o Samu, que atendeu o acidente, Faustino sofreu traumatismo craniano e foi encaminhado para o hospital correndo risco de morte. Até as 16h desta segunda-feira ele permanecia internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), conforme o hospital. O motorista e mais dois idosos que ocupavam o carro não se feriram. A reportagem entrou em contato com o Departamento de Trânsito da Polícia Militar (PM), que informou que não estava com o boletim de ocorrência do acidente em mãos para passar detalhes sobre o caso. O Diário

Nenhum comentário: