sábado, junho 17, 2017

Moradores do Jardim Alvorada protestam por mais segurança no trânsito

Moradores do Jardim Alvorada fizeram um protesto no começo da noite desta sexta-feira (16) na Avenida Doutor Alexandre Rasgulaeff, em Maringá, pedindo mais segurança no trânsito. Entre os manifestantes estavam os familiares de Osvaldo Horácio, de 66 anos, que perdeu a vida nessa avenida ao ser atropelado na terça-feira (13) na faixa de pedestres. Um dos cartazes chamou atenção. Ele continha a inscrição "não queremos mais perder nenhum vovô" e era segurado pela neta de Horácio. O protesto reuniu cerca de 40 pessoas e pede a colocação de faixas elevadas na avenida. O secretário de Mobilidade Urbana, Gilberto Pupur, informou que as faixas elevadas não são redutoras de velocidade, por isso, o ideal a ser instalado no local são lombadas. De acordo com Pupur, até a próxima sexta-feira (23), as lombadas já devem estar prontas. O Diário

Nenhum comentário: