quarta-feira, junho 28, 2017

Polícia Ambiental detém 8 por produção ilegal de carvão

Denúncia da Ouvidoria do Estado do Paraná resultou no flagrante de uma produção ilegal de carvão vegetal em Nossa Senhora das Graças (a 66 quilômetros de Maringá), nesta terça-feira (27). No local, a Polícia Ambiental de Maringá encontrou 32 fornos para a elaboração do produto. Oito pessoas eram donas dos fornos e nenhuma delas possuía licença, permissão ou autorização do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) para exercer a atividade. Conforme a Polícia Ambiental, no endereço, perto da PR-317 e PR-452, não é permitida a prática, conforme a lei, que estabelece distância mínima de 500 metros de estradas e núcleos residenciais. O trabalho foi interrompido e os responsáveis serão punidos. Neste caso, a pena varia de um a seis meses de detenção e a multa aplicada varia de R$ 500 a R$ 10 milhões. O Diário

Nenhum comentário: