COMO OUVIR A RADIOWEB CARLÃO MARINGÁ

PARA OUVIR A RADIO CARLÃO MARINGÁ, BASTA CLICAR NO PLAY ABAIXO DA FOTO DO CARLÃO.

quarta-feira, julho 05, 2017

Filho de empresário morreu após queda de moto, conclui DH

A Delegacia de Homicídios (DH) da 9ª Subdivisão Policial (SDP) de Maringá concluiu as investigações sobre a morte do filho do dono da Massao Joalheria, Marcelo Cícero Kojo, de 40 anos, encontrado morto em casa na última sexta-feira (30). A DH constatou que o óbito foi em razão de uma queda de motocicleta. Por meio de testemunhas, os investigadores concluíram que Kojo sofreu o acidente de trânsito por volta das 4h30 de sexta-feira, no contorno da Praça Vila Rica, situada entre a Avenida Morangueira e a Rua Allan Kardec. As pessoas que presenciaram o acidente contaram que ele contornava a praça quando perdeu o controle da direção, caiu da Honda Hornet e foi lançando violentamente contra o asfalto, batendo a cabeça. No local do acidente, os investigadores encontraram marcas compatíveis com a queda no asfalto e também a viseira do capacete da vítima. A suspeita é que o equipamento de segurança tenha saído e, por isso, ocasionado o afundamento do crânio no momento do choque. As pessoas que presenciaram o acidente também contaram à polícia que um rapaz chegou a parar e acionar o Corpo de Bombeiros, porém Kojo teria recusado o atendimento, levantado a Hornet e a pilotado no sentido contrário da Rua Allan Kardec. Em seguida, conforme presenciou uma vizinha, ele chegou em casa, situada na Vila Esperança, zona norte da cidade, deixou a moto estacionada na rua e entrou no imóvel. À tarde, Kojo foi encontrado já sem vida. Inicialmente, a DH cogitou que a morte poderia ter sido causada por agressão em razão dos ferimentos que ele apresentava. A Polícia Civil (PC) já concluiu as investigações e aguarda o laudo do Instituto Médico-Legal (IML)e do Instituto de Criminalista para fechar o inquérito e remeter à Justiça. Mortes no trânsito Com essa morte, junho fecha com sete acidentes fatais, se igualando a fevereiro, segundo mês com maior número de mortes no trânsito em 2017. O mês que mais teve vítimas foi maio, com 8. No ano, já foram registrados 32 óbitos decorrentes de acidentes de trânsito. O Diário

Nenhum comentário: