COMO OUVIR A RADIOWEB CARLÃO MARINGÁ

PARA OUVIR A RADIO CARLÃO MARINGÁ, BASTA CLICAR NO PLAY ABAIXO DA FOTO DO CARLÃO.

terça-feira, julho 25, 2017

PF deflagra 2ª fase da Operação Glasnost contra exploração sexual infantil

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (25) a segunda fase da Operação Glasnost, que tem o objetivo de combater a exploração sexual de crianças e o compartilhamento de pornografia infantil na internet. São cumpridos três mandados de prisão preventiva, dois de condução coercitiva (quando a pessoa é levada para depor) e 72 de busca e apreensão. A operação acontece em 51 municípios no Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Ceará, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Piauí, Pará e Sergipe. Segundo a PF, anteriormente à deflagração da segunda fase da operação, foram cumpridas medidas urgentes nas cidades de Osasco (SP), Presidente Prudente (SP), Porto Alegre (RS), Vila Velha (ES), Jundiaí (SP), Praia Grande (SP), Campo Grande (MS) e Cachoeira do Itapemirim (ES). Isto ocorreu para a identificação de casos concretos de abusos sexuais contra crianças. Em todos os casos foram presos os abusadores e identificadas as vítimas dos abusos. As atividades desta terça-feira são uma sequência da operação Glasnost, deflagrada em novembro de 2013. Na ocasião, 30 pessoas foram presas em flagrante por posse de pornografia infantil. Além disto, foram detidos abusadores e resgatadas vítimas, com idades entre 5 e 9 anos. A PF ainda informou que a investigação foi realizada a partir do monitoramento de um site da Rússia que reúne pedófilos do mundo todo. Foram identificados brasileiros que compartilhavam pornografia infantil na internet, além de diversos abusadores sexuais e produtores de pornografia infantil, tendo sido identificadas, ainda, diversas crianças vítimas de abuso. Os investigados produziam e armazenavam fotos e vídeos de crianças, adolescentes e até mesmo de bebês com poucos meses de vida, muitos deles sendo abusados sexualmente por adultos, e as enviavam para contatos no Brasil e no exterior. Mais detalhes sobre a segunda fase da Operação Glasnost serão repassados nesta terça-feira pela Polícia Federal em Curitiba. Atualização No Paraná, a PF cumpre apenas mandados de busca e apreensão: um em Curitiba, um em Altônia e dois em Maringá. Colaboração Polícia Federal

Nenhum comentário: