COMO OUVIR A RADIOWEB CARLÃO MARINGÁ

PARA OUVIR A RADIO CARLÃO MARINGÁ, BASTA CLICAR NO PLAY ABAIXO DA FOTO DO CARLÃO.

sexta-feira, julho 21, 2017

Polícia prende dois suspeitos por assaltos ao Sicoob e Sicredi

A Polícia Civil de Maringá realizou, na manhã desta quinta-feira (20), uma operação em Mandaguari e em Londrina para prender os membros de uma quadrilha responsável por assaltos a agências bancárias em Maringá. Dois suspeitos foram presos e outros dois ainda estão foragidos. Uma dupla de irmãos também já havia sido detida, por suspeita de envolvimento no caso. Na ação de hoje, a polícia prendeu Eduardo Monteiro Mattos e o sogro dele, Humberto Panza Filho. O primeiro é suspeito de integrar a quadrilha que praticou os roubos a agência do Sicoob, em fevereiro, e do Sicredi, em maio. Já Filho é acusado de esconder os suspeitos após os roubos. "Os dois estavam em Londrina. Durante as investigaçõ es, descobrimos que o Eduardo se escondia na casa do sogro após os roubos, então conseguimos um mandado de busca e apreensão na casa dele, também. Lá, encontramos três revólveres de calibre 38, 32 e 22, munição, capuz, uma camiseta da Polícia Militar, uma carteira sem identificação, mas com o brasão da Polícia Civil, e um radiocomunicador na frequência da polícia", conta o chefe da Seção de Furtos e Roubos, Everaldo Fernandes. Segundo o investigador, eles já haviam obtido também um mandado de prisão contra Eduardo Mattos. Outro suspeito, que estaria morando na favela Bratac, em Londrina, não foi localizado. "Esse outro cara é conhecido como 'Japonês', o nome dele é Igor, e já tinha um mandado de prisão preventiva por um latrocínio em Londrina, por suspeita de ter matado o dono de um mercado. Fomos na casa dele, da avó, mas não estava lá, provavelmente não está morando mais na cidade", detalha Fernandes. Também está foragido o cunhado de Lucas Carneiro e Alisson William Carneiro, que já haviam sido presos pela Polícia Civil ao longo da investigação. O cunhado dos irmãos Carneiro mora em Mandaguari, mas não foi localizado pela equipe, na operação. O Diário

Nenhum comentário: