sexta-feira, agosto 04, 2017

Furto prejudica 10 anos de pesquisas

Suspeitos invadiram na madrugada desta sexta-feira (4), o Núcleo de Pesquisa de Água, Planta e Peixes, da Universidade Estadual de Maringá (UEM), e deixaram um enorme prejuízo para os pesquisadores. No local, são armazenados tambores com grande quantidade de peixes em formol ou álcool e que são frutos de pesquisas realizadas no local. Os suspeitos simplesmente jogaram os peixes no chão e furtaram os tambores. O prejuízo é incalculável e as perdas são de 10 anos de pesquisas. A Polícia Civil abriu um procedimento de investigação e procura pelos suspeitos. Colaboração Índio Maringá/Leco Mendes/Rede Massa

Nenhum comentário: