COMO OUVIR A RADIOWEB CARLÃO MARINGÁ

PARA OUVIR A RADIO CARLÃO MARINGÁ, BASTA CLICAR NO PLAY ABAIXO DA FOTO DO CARLÃO.

quinta-feira, agosto 10, 2017

Vigilância em Saúde monitora desaparecimento de cães

Desde a última quarta-feira, 2, a Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa) – que congrega as equipes de Vigilância Ambiental, Epidemiológica e Sanitária – tem monitorado o desaparecimento de animais domésticos no centro e bairros de Umuarama. “O que era um boato acabou se confirmando como verdade. Uma pessoa com um veículo Ford Belina (ou VW Variant) de cor cinza, usando o nome da Prefeitura e da Saau (sociedade de amparo aos animais), estaria recolhendo e desaparecendo com animais soltos nas ruas”, informou o diretor da Covisa, Flávio Posseti. Várias ocorrências foram comunicadas. “A pessoa atrairia esses animais – geralmente cachorros – para dentro do carro e depois daria um fim nos bichos”, acrescentou. O agente ambiental Gilberto Aguiar afirmou, em uma rede social, que a atitude é lamentável. “Desde a madrugada de quinta-feira, 3, estou acordado rodando e monitorando, principalmente com veículo próprio, essa ‘pessoa’ (…) pela capacidade de fazer o que está fazendo”, postou ele, se dizendo “cansado e desanimado com as capacidades humanas”. O desaparecimento de animais começou a ser notado inicialmente no centro de Umuarama, mas depois foi percebido também nos bairros. “Até animais que possuem donos, mas que passam um tempo na rua, estão sumindo”, denunciou o agente, que é biólogo e professor. O diretor da Covisa acrescentou que a Polícia Civil já foi acionada pela Saau e o Ministério Público também está ciente do caso, e inclusive acionou a coordenadoria para tomar alguma atitude. “Desde a última quarta-feira, estamos fazendo diligências e procurando esse veículo nos bairros e no centro da cidade. A orientação que passamos à população é que, caso observe esse veículo agindo, que denuncie para a polícia. Esse tipo de ação não é realizada pela Prefeitura”, reforçou. A presidente da Saau, Ana Polaquini, denunciou à imprensa o desaparecimento de cachorros de rua em grande escala e o envenenamento de muitos gatos, situação registrada com maior frequência há cerca de uma semana. “Em vários pontos da cidade monitoramos os cães de rua, que são tratados com água e comida por vizinhos. Não trazemos todos para a Saau por falta de espaço, mas quando algum deles apresenta alguma doença, ferimento, nós buscamos e tratamos. E esses animais desapareceram nos últimos dias. Em alguns lugares não tem mais nenhum cachorro”, afirmou a presidente da entidade a OBemdito. De acordo com supostas vítimas, as suspeitas recaem sobre um homem com cerca de 45 anos, de pele morena e bem articulado, utilizando um veículo de cor cinza. A Saau registrou a ocorrência na 7ª Subdivisão Policial e quem perceber algum suspeito deve denunciar pelos fones (44) 3621-2650 (Polícia Civil), 3622-5868 (PM) ou ainda à Guarda Municipal (pelo 3906-1111). Do O Bendito

Nenhum comentário: