COMO OUVIR A RADIOWEB CARLÃO MARINGÁ

PARA OUVIR A RADIO CARLÃO MARINGÁ, BASTA CLICAR NO PLAY ABAIXO DA FOTO DO CARLÃO.

terça-feira, setembro 05, 2017

Família sepulta gato em cemitério e caso gera grande repercussão

A morte de um gatinho de estimação acabou gerando uma grande repercussão em Umuarama, e não foi por conta da morte em si, mas pelo fato de o bichano ter sido sepultado no túmulo da família, no Cemitério Municipal. O fato foi registrado na última semana, e o gatinho já foi retirado do local pela família. De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Umuarama, o que ocorreu foi que a família adquiriu um túmulo no cemitério e inclusive tem um parente sepultado no local. Quando o gatinho de estimação da família morreu, eles procuraram a Administração de Cemitérios e Serviços Funerários para verificar a possibilidade de enterrar o bichinho no jazigo. “Acontece que a família conversou com um funcionário da Acesf, não com a direção da unidade. O funcionário acabou autorizando, mas a direção não tinha conhecimento da situação”, explica o assessor de imprensa da Prefeitura, Eduardo Santos. O caso gerou grande repercussão na cidade, algumas pessoas apoiavam, outras acharam ‘um absurdo’ e, diante de toda a confusão, a família optou por tirar o animal do cemitério. “Eles recolheram o corpo do gato”. O assessor explicou que não há legislação que impeça o sepultamento de animais nos cemitérios, mas que mesmo assim, a direção da Acesf não teria autorizado o ato. “Não seria autorizado se eles tivessem falado com a direção, porque é mais uma questão ética, e não legal”. O que fazer? Quem tem bichinho de estimação sabe a tristeza que é quando eles morrem. E, junto a perda ainda vem a questão da destinação correta. Em algumas cidades já existem cemitérios para pets, e também a possibilidade de cremação. Em Curitiba, o Crematório Pet Vaticano oferece o serviço de cremação com planos que contemplam a cremação coletiva ou individual. Massa News

Nenhum comentário: