COMO OUVIR A RADIOWEB CARLÃO MARINGÁ

PARA OUVIR A RADIO CARLÃO MARINGÁ, BASTA CLICAR NO PLAY ABAIXO DA FOTO DO CARLÃO.

quarta-feira, setembro 13, 2017

Mãe é suspeita de acorrentar adolescente em Maringá com problemas psicológicos

O Conselho Tutelar (CT) e a Polícia Civil de Maringá acompanham um caso de suposta tortura, em Maringá. Uma mãe é suspeita de acorrentar o filho adolescente que tem problemas psicológicos por uma semana. O rapaz tem 16 anos e foi recolhido para o abrigo municipal na manhã desta quarta-feira (13). De acordo com o conselheiro tutelar Carlos Bonfim, o adolescente relatou que havia ficado preso por uma semana. "Quando a mãe o soltou, ele saiu de casa e procurou a Polícia Civil, dizendo que não voltaria mais para casa." O adolescente contou à polícia que a mãe também o agredia. A equipe do conselho foi até o endereço e verificou que realmente havia uma corrente na casa e a irmã da vítima, também adolescente, teria confirmado que a mãe o acorrentava. "Estava lá a corrente. Era bem grande, permitia que ele fosse ao banheiro, comesse, dormisse. A irmã disse que a mãe o prendia lá quando ele ficava agressivo." A mãe não estava na residência e, até o fechamento desta reportagem, ainda não havia sido localizada pelos conselheiros. A agressividade, segundo Bonfim, era decorrente dos problemas psicológicos do adolescente e que foram confirmados por médicos do Hospital Municipal, por onde já havia passado várias outras vezes. "Ele já tinha ficado internado lá e tomava três tipos de remédio, mas não sei se tomava direito. O garoto também precisava passar por acompanhamento psicológico para ficar equilibrado, mas nunca foi, então a mãe também pode responder por negligência, além de tortura." O nome e o bairro do adolescente não foram divulgados pelo CT, para a proteção da identidade da vítima. O Diário

Nenhum comentário: