quinta-feira, janeiro 25, 2018

Criança é torturada por não fazer serviços domésticos

Um caso grave foi registrado na manhã desta quarta-feira (24) na Delegacia da Polícia Civil de Maringá. Uma criança de 10 anos que mora no Conjunto Itaparica foi agredida pela tia que tem 18 anos. A mãe contou que as três residem na mesma casa e que ela precisou viajar e a menina ficou aos cuidados da família. A menina apresenta hematomas pelo corpo e contou que a tia teria batido com a cabeça dela no vaso sanitário, no armário, e puxado seu cabelo várias vezes. O motivo para a suposta agressão, alegado pela tia, seria que a menina não fazia os trabalhos domésticos. A tia que está sendo acusada de agressão está grávida de um mês, e mesmo assim teria partido para a brutalidade com a sobrinha várias vezes. A garotinha que concedeu entrevista ao repórter policial Diogo Scamparini, disse que a tia falava que se o bebê dela morresse que a culpada seria a sobrinha de 10 anos. O caso será investigado pela Polícia Civil de Maringá e deverá ser acompanhado também pelo Conselho Tutelar. Maringá Manchete

Nenhum comentário: