quinta-feira, janeiro 25, 2018

Dupla é presa por desmatamento, pesca irregular e posse de drogas

A Polícia Ambiental prendeu, nesta quarta-feira (24), em Maringá, duas pessoas por suspeita de danificar floresta de conservação permanente, pescar em período proibido e também por posse de drogas. De acordo com a polícia, os suspeitos foram localizados durante um patrulhamento na região do Rio Pirapó, próximo à estrada Guará. No local, a equipe encontrou dois homens pescando, em um barranco – o que é proibido, já que ainda é época de piracema. A equipe notou, também, que havia sinais de que eles tinham cortado com um facão várias espécies nativas que estavam em regeneração. Entre as árvores, eles relataram o corte irregular de duas gurucaias – uma de quatro metros de altura e outra de um metro. Um dos suspeitos também portava 1,7 gramas de maconha. Os dois foram encaminhados à 9ª Subdivisão Policial de Maringá e a polícia fez a apreensão do veículo utilizado por eles, das varas de pesca com molinetes, cinco varas em fibra para pesca e outros materiais. O Diário

Nenhum comentário: