sexta-feira, janeiro 05, 2018

Médico de Maringá que teve cérebro perfurado por estaca permanece internado

O ginecologista e obstetra Maurílio Palhares, de 36 anos, morador de Maringá, permanece internado em um hospital de Curitiba até esta sexta-feira (5). De acordo com um amigo que também é médico, o ferimento que Palhares sofreu no cérebro é grave, mas o estado de saúde dele é estável. Segundo o amigo, ainda não há previsão de alta. Palhares sofreu um acidente na Ilha do Mel, em Paranaguá (a 524 quilômetros de Maringá), no dia 1º de janeiro. Ele tropeçou em uma corda que sustentava uma tenda de praia e caiu de cabeça na estaca metálica que prendia essa tenda. O médico teve o cérebro perfurado e foi diagnosticado com traumatismo crânio encefálico. Na data, ele foi socorrido pelo Samu e levado ao Hospital Regional do Litoral. Depois, foi transferido para o Hospital Paranaguá e agora se encontra internado em um hospital de Curitiba. De acordo com o amigo, Palhares passou por cirurgia. Nesta sexta, o programa Ver Mais Maringá, da RIC, disse que o médico vem apresentando melhoras e que não estava mais febril. Palhares atende em uma clínica na Avenida Euclides da Cunha, em Maringá, e é bastante conhecido e querido na cidade. O Diário

Nenhum comentário: