quarta-feira, janeiro 03, 2018

Motorista da Uber se irrita com ciclista e o atropela propositalmente

Uma briga envolvendo dois homens aconteceu por volta de 6h30 desta segunda-feira (1) na Estrada Guaiapó, em Maringá. Gustavo Henrique Vieira de Oliveira, 21 anos, que se apresentou como sendo motorista de Uber, já havia deixado seu turno de trabalho e acabara de sair de uma boate, ele estava com uma mulher namorando dentro de seu carro, um Fiat Palio, quando chegou o ciclista Paulo Marcelo Alves Tanaka, de 31 anos, que encostou seu rosto no vidro do automóvel tentando insultar Gustavo. O proprietário do Palio questionou o ciclista que teria xingado e depois atirado uma pedra contra o veículo. Depois da confusão, Paulo Marcelo saiu e foi seguido por Gustavo que acelerou jogando o carro na direção do ciclista. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, quando a ambulância chegou ao local a vítima estava debaixo do carro e a bicicleta toda destruída. Marcas de sangue inclusive ficaram na lataria do Palio. Paulo Marcelo apresentava trauma de crânio e de tórax e queimaduras, devido o escapamento do carro ter ficado sobre o seu corpo por alguns minutos. A vítima foi encaminhada em estado grave para o pronto socorro do Hospital Universitário de Maringá onde permanece internado. O motorista Gustavo, que não consta com ficha criminal, foi conduzido a delegacia da Polícia Civil. O condutor do Palio confirmou que trabalha na empresa Uber, e que não tinha dinheiro suficiente para pagar o motel. O motorista ainda relatou que só perdeu a cabeça porque o ciclista o provocou primeiro e arremessou uma pedra contra seu veículo. Gustavo foi autuado por embriaguez ao volante, mesmo se recusando a fazer o teste de etilômetro (por termo de constatação de embriaguez), pagou R$ 2 mil de fiança e foi liberado, ontem (1º) mesmo. (inf André Almenara)

Nenhum comentário: