quinta-feira, janeiro 18, 2018

Pai estupra filha de dois anos e transmite HPV para a criança

Um homem de 30 anos foi preso noite de quarta-feira (17), no bairro Jardim Cidade Nova, em Campo Mourão, suspeito de abusar sexualmente da filha, de apenas dois anos. O caso foi descoberto após ser constatado que a menina estava com HPV, uma doença sexualmente transmissível, da qual o pai estava fazendo tratamento. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Marcelo Luiz Trevisan, a denúncia chegou à Polícia Civil através de um policial militar, que soube que a menina havia sido levada ao médico e estava com a doença. O Conselho Tutelar foi acionado e, em conversa com a família da criança, foi relatado uma mudança em seu comportamento. Um parente da vítima contou que, durante um encontro familiar no Réveillon, a menina chorava ao ser aproximada do pai, tentando se distanciar do homem. Após a denúncia, a menina passou por um exame, que confirmou a doença e o abuso sexual. Diante das evidências, a Polícia Civil solicitou um mandado de prisão para o homem, que foi expedido no sábado (13). No entanto, desconfiando de que poderia ser descoberto, o homem fugiu, se escondendo na casa dos pais. O suspeito foi localizado no distrito de Água Fria, em Iretama, nesta quarta-feira (17), e foi encaminhado para a delegacia de Campo Mourão. O suspeito negou a situação, mas foi indiciado por estupro de vulnerável, e segue preso na carceragem da delegacia até ser transferido. Massa News

Nenhum comentário: