quarta-feira, janeiro 10, 2018

Reunião avança na busca de nova abordagem para 'moradores de rua'

A Prefeitura de Maringá, por meio das secretarias de Assistência Social e Saúde, vai atualizar os protocolos de atendimento às pessoas em situação de rua para aperfeiçoar a abordagem e encaminhamento, especialmente daquelas pessoas que ficam na região do Centro Pop e do Albergue Santa Luiza Marillac (rua Fernão Dias). A ação foi definida em reunião nesta quarta-feira (10), com o promotor de Justiça, Maurício Kalache, a secretária de Assistência Social, Marta Kaiser, e representantes da Polícia Militar, Guarda Municipal, do albergue, Secretaria de Saúde, entre outros setores com algum envolvimento na área de assistência social. O promotor de Justiça, Maurício Kalache, ressalta que as abordagens devem ser realizadas de forma menos "burocrática" e em um ambiente mais amigável e de acolhimento. "A ideia que essa abordagem seja feita no horário das refeições, dentro do próprio albergue. Será um trabalho de saturação dos serviços sociais e apenas um primeiro passo para adoção de uma política mais adequada", disse o promotor. A secretária de Assistência Social, Marta Kaiser, lembrou de pesquisa que mostrou que mais de 90% das pessoas em situação de rua, em Maringá, querem sair dessa condição. Acrescentou que a secretaria tem intensificado ações para atender essas pessoas, que podem ser atendidas no abrigo municipal. Os agentes envolvidos nesse processo, como a abordagem social, Polícia Militar e Guarda Municipal, terão uma agenda comum. O Diário

Nenhum comentário: