segunda-feira, fevereiro 19, 2018

Ciclista morre atropelado na BR-376 em Sarandi

O atropelamento ocorreu por volta das 22hs. Célio Nunes Machado de 42 anos ficou gravemente ferido após ser atropelado por um veículo que fugiu do local sem prestar socorro. Equipes da Viapar e do Samu prestaram os primeiros atendimentos e o encaminharam para o Hospital Metropolitano, mas infelizmente durante a madrugada seu estado clínico piorou e o ciclista acabou falecendo no hospital. Após a notícia do atropelamento uma equipe da Rotam de Sarandi realizou algumas diligências e conseguiu localizar o veículo, um Fiat Uno que estava numa estrada rural. Carlos Eduardo Canssian de 24 anos estava tentando encontrar uma estrada até Jandaia do Sul. No carro estavam o motorista e uma mulher que foram levados para o posto da PRF em Marialva. O motorista se recusou a realizar o teste do bafômetro e a Polícia Rodoviária teve que fazer um auto de constatação. O condutor do Uno disse que achou que tinha atropelado um animal e por isso não parou. Ele foi encaminhado para a delegacia da Polícia Civil. O carro ficou bastante danificado. A vítima do atropelamento era um soldador. Este foi o segundo atropelamento com morte registrado em 2018 na BR-376 no perímetro de Sarandi. O último ocorreu no final da noite do dia 5 de Janeiro quando um homem de 57 anos morreu atropelado ao tentar atravessar a rodovia. Oseias Miranda

Nenhum comentário: