segunda-feira, fevereiro 19, 2018

Preso tenta fugir de delegacia dentro de saco de lixo

Um caso chamou a atenção na delegacia de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, na última sexta-feira (16). Um preso foi encontrado dentro de um saco de lixo, quando tentava fugir da carceragem. Um funcionário da limpeza estranhou o peso do lixo e chamou o policial que estava no plantão. Ao abrirem o saco, o preso foi encontrado e levado novamente para a cela. Segundo a Polícia Civil, a delegacia tem capacidade para oito detentos, mas 44 estão dividindo o espaço. A Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp), informou, em nota, que a transferência só pode ser feita após autorização do Comitê de Transferência de Presos (Cotransp) e que ‘no último sábado (17), foram removidos 13 detentos da carceragem de São José dos Pinhais’. Confira a nota: "A Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná esclarece que a transferência de presos das carceragens para o sistema penitenciário só pode ser feito após autorização do Comitê de Transferência de Presos (Cotransp), que conta com representantes do Poder Judiciário e do Ministério Público, além do próprio Departamento Penitenciário do Paraná. As vagas só são abertas com a saída de presos e, para isso, é preciso autorização do Poder Judiciário. Semanalmente é feita a transferência de até 150 presos em todo o estado. No último sábado (17), foram removidos 13 detentos da carceragem de São José dos Pinhais. A solução para o caso de superlotação são as 14 obras de construção e ampliação de unidades prisionais do Estado algumas delas já em andamento. Serão abertas cerca de 7 mil novas vagas com essas novas unidades prisionais permitindo assim a retirada dos presos das delegacias".

Nenhum comentário: