quarta-feira, março 28, 2018

Alunos protestam contra decisão da UEM no caso de assédio sexual

Os estudantes da Universidade Estadual de Maringá (UEM) protestaram na manhã desta quarta-feira (28), contra a decisão da Reitoria no caso da denúncia contra dois professores da Universidade acusados de assediar alunos da instituição. Eles foram punidos com suspensão e advertência, o que causou revolta nos estudantes. A denúncia contra os professores foi feita em 2016, e voltou a chamar a atenção neste ano durante um protesto dos estudantes, feito durante a colação de grau da Universidade, no dia 9 de março. Na ocasião, os alunos seguravam faixas cobrando da Reitoria da Universidade o resultado das investigações. O protesto pede que a decisão do Reitor seja revogada, caso contrário, os estudantes farão uma paralisação geral no campus. Colaboração Guilherme Fortunato / Kelly Moraes (Rede Massa)

Nenhum comentário: