quinta-feira, março 29, 2018

Em Jardim Alegre, homem acusado estupro

Está preso, novamente, o Sérgio Luiz Boa da Silva, de 37 anos, que em 2011, praticou um crime macabro em Mauá da Serra, estuprando e matando uma mulher com requintes de crueldade. O que chama atenção , é que mesmo assim, já estava em liberdade, como se nada tivesse ocorrido. Em Jardim Alegre, a denúncia foi registrada pela Polícia Militar, no dia 27 de março, de 2018. Luiz é acusado de abusar sexualmente de sua enteada, de 12 anos. Quem fez a denúncia, foi a irmã da vítima, que tem 22 anos. O suspeito foi conduzido até a Delegacia Regional, de Ivaiporã, para que as providências fossem tomadas. “ Na delegacia, a solicitante afirmou que, ao chegar à casa de sua mãe, percebeu que sua irmã, a menor de 12 anos, estava estranha e, ao questioná-la, disse ter sido abusada pelo padrasto em uma construção no centro da cidade, local em que o homem trabalha. A mãe acompanhou toda a situação, desde a chegada da equipe, ao local, até o desfecho na delegacia. A menor foi questionada sobre o fato, porém ela iniciava o relato e não conseguia terminá-lo, apresentando estar muito abalada com o episódio. Todos foram encaminhados a 54º Delegacia para as providências cabíveis”, informou o boletim da Pm. O acusado negou que tenha praticado o crime. O Delegado, Dr. Gustavo Dante da Silva, que coincidentemente, instaurou o inquérito em Mauá da Serra, no ano de 2011, volta a investigar o mesmo indivíduo. Berimbau

Nenhum comentário: