terça-feira, março 06, 2018

Homem morre atropelado pelo proprio caminhão na região de Colorado

Fatalidade registrada na região na tarde desta segunda-feira (05). De acordo com informações repassadas pela Polícia Rodoviária estadual de Colorado ao repórter Maringá do Programa J Silva, o motorista de 66 anos de nome Wilson Gustavo de Lima, este morador de Colorado, trafegava com seu caminhão mercedes bens 1113 com placas de Jardim Olinda pela rodovia PR-542, quando no KM 47 + 310 mts, por motivos ainda desconhecidos, Wilson perdeu o controle do utilitário, batendo na canaleta da rodovia. Após a colisão na canaleta, o caminhão andou se arrastando pela mesma por cerca de 58 metros. Neste momento, o condutor teria sofrido uma queda, e ainda não se sabe o motivo que levou o motorista a cair para fora da cabine do caminhão, o fato é que a vítima foi atingida pelo rodado traseiro do veículo causando morte instantânea por esmagamento de crânio e torax. Após queda e atropelamento, o caminhão ainda percorreu sozinho mais 78 metros até colidir contra árvores na marginal da rodovia e parar totalmente destruído, após andar por um total de 136 metros desgovernado. Equipes da Polícia rodoviária estadual, SAMU de Colorado e até a aeronave do SAMU de Maringá estiveram dando atendimento, mas nada puderam fazer para preservar a vida de Wilson. Populares reclamam: Indignação e desrespeito. Após constatada a morte da vítima por volta das 16:00 hrs, a viatura do Instituto Médico Legal de Maringá (IML) só apareceu para recolher o corpo por volta das 19:57 hrs, ou seja, o corpo ficou estirado no meio do asfalto por cerca de 4 horas, causando angústia e sentimento de desrespeito por parte dos familiares de Wilson, até mesmo o caminhão da vítima foi levado ao pátio da PRE muito antes da chegada dos peritos do IML. Nossa reportagem não conseguiu até o momento contato com os responsáveis da instituição. Reportagem Eliandro Silva.

Nenhum comentário: