quarta-feira, março 28, 2018

Jardineiro é assaltado e diz que não quer mais morar em Maringá

Um jardineiro de Maringá foi assaltado na manhã desta terça-feira (27), na Zona 4. Seu João Mão-Santa, como pé conhecido, pelo excelente trabalho que faz com jardinagem, contou que foi rendido por homens armados com facas. Ele saia de um prédio, onde havia finalizado um trabalho, quando foi abordado pelos suspeitos. “Eles me ameaçaram de morte”, diz. A vítima relatou que os suspeitos levaram sua bicicleta, documentos e R$ 500 em dinheiro, que ele havia acabado de receber pelo trabalho honesto que havia executado. “Eu rodo a cidade toda de bicicleta, trabalhando, para agora acontecer uma coisa dessas”, lamenta. Diante da criminalidade, o jardineiro diz que não quer mais ficar em Maringá. “Faz 20 anos que trabalho certinho com jardinagem aqui, mas agora quero ir embora, quero morar em uma chácara com minha esposa e filho”. Colaboração Índio Maringá/Leco Mendes/Rede Massa

Nenhum comentário: