quarta-feira, março 28, 2018

Laudo preliminar aponta silicone em um dos corpos carbonizados em Altônia

O laudo preliminar realizado pelo Instituto Médico Legal de Umuarama (IML) confirmou a existência de próteses de silicone nos seios de um dos corpos encontrados carbonizados em Altônia, no dia 22 de março. Além disso, no cadáver apontado como sendo de uma mulher, também foram encontrados um anel e uma correntinha que poderiam ser da estudante e miss Altônia, Bruna Zucco. A informação foi repassada pelo chefe administrativo do IML, Castelar Paulino Rodrigues, e confirmada pelo delegado-chefe da 7ª Subdivisão Policial de Umuarama, Osnildo Carneiro Lemes. OBemdito tentou contato telefônico, sem sucesso, com familiares de Bruna. Em entrevistas concedidas nos últimos dias, os pais, e o namorado de Bruna, disseram que ela não tinha prótese nos seios. A mãe de estudante disse que ainda espera encontrar a filha viva. Para fins de investigação, a jovem segue desaparecida, assim como o empresário Valdir Brito Feitosa. O chefe administrativo do IML disse que viajará para Curitiba na tarde desta terça-feira (27). Ele vai ao laboratório da Polícia Civil que fará o exame de DNA que identificará se os corpos encontrados são de Bruna e Valdir. Castelar explicou que o veículo do laboratório era aguardado nesta semana em Umuarama. Porém, devido ao feriado prolongado, a vinda foi postergada. Também será encaminhado o material de outro cadáver carbonizado, encontrado no dia 27 de janeiro deste ano. Neste caso, um homem foi encontrado dentro de uma Saveiro incendiada às margens da rodovia PR-468, entre Umuarama e Mariluz. A picape apresentava pelo menos 13 marcas de tiros na carroceria e tinha no seu interior vários maços de cigarros. Cope Duas equipes do Cope (Centro de Operações Policiais Especiais) chegaram em Altônia na manhã desta terça-feira. Os agentes se integraram ao aparato que tenta solucionar o crime que pode envolver Bruna e Valdir. A forma como as equipes vão atuar não foi revelada. No total, são seis policiais, considerados do time de frente do Cope. Até o momento, as investigações estavam sendo feitas sob o comando do delegado de Pérola, Izaias Cordeiro de Lima, que deve continuar à frente do caso. Izaias cobre férias do colega de Altônia, que deve voltar aos trabalhos nos próximos dias. Colaboração OBemdito

Nenhum comentário: