sexta-feira, março 09, 2018

Mais políticos são vítimas do golpe do celular clonado

Mais um deputado estadual e um prefeito de um município da Região Metropolitana de Curitiba são as novas vítimas do aparelho celular clonado, depois da vice-governadora Cida Borghetti e do deputado estadual Luiz Claudio Romanelli. As novas vítimas são o deputado Evandro Araujo e o prefeito de Mandirituba, Luis Antonio Biscaia. Na manhã desta sexta-feira (9), uma funcionária da empresa de Biscaia recebeu uma mensagem pelo Whatsapp, a partir do número dele, solicitando um depósito no valor de R$ 50 mil no nome de uma mulher desconhecida. A esposa do prefeito foi alertada e o avisou sobre o pedido. “Eu já estava achando tudo muito estranho porque, durante a manhã, eu fiquei sem sinal no celular. Ficou mudo. Não conseguia ligar, não recebia mensagens pelo Whatsapp. Achei que era porque estava em um local distante ou poderia ser um problema de alcance de torre mesmo. Mas eu fui para a cidade e mesmo assim não tinha sinal. Foi quando a minha esposa me ligou e eu não tinha passado qualquer mensagem. Foi quando percebi que meu celular havia sido clonado”, relatou Biscaia. A primeira medida tomada por ele foi retirar o chip de dentro do aparelho. Ele entrou em uma sequência de reuniões e ainda iria formalizar o caso na delegacia nesta sexta-feira. “Enquanto isto, minha família está tentando bloquear a linha do meu celular, mas sem sucesso. Meus contatos continuam recebendo mensagens com pedidos de dados e senhas. Estamos pedindo para que desconsiderem e estamos tentando avisar as pessoas. Eu nunca tinha passado por uma situação como esta, de invasão desta forma”, contou Biscaia. O caso do deputado estadual Evandro Araujo foi bastante parecido com os de Romanelli e Cidfa Borghetti. Os contatos dele receberam mensagens pedindo depósitos bancários na tarde desta quinta-feira (8). A assessoria de imprensa do parlamentar informou que, assim como nas demais situações, houve a realização de transferência. O deputado fez um boletim de ocorrência relatando o golpe. Massa News

Nenhum comentário: