segunda-feira, março 26, 2018

PRF flagra pedestres ignorando a passarela

Os flagrantes são muito comuns: a rodovia movimentada, a passarela de pedestres para travessia e pessoas atravessando a via em meio aos carros, se arriscando e colocando em risco os condutores. Na manhã desta segunda-feira (26), uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) fez um acompanhamento de situações como esta, em um trecho da BR-376, em Sarandi. O inspetor Martinez conversou com alguns pedestres, e até mesmo ‘puxou a orelha’ dos infratores. “O que percebemos é que as passarelas são usadas para fazer sombra para as pessoas atravessarem a rodovia”, diz. “O Contorno Norte de Maringá tem 12 passarelas, e é muito difícil ver as pessoas usando elas corretamente”, acrescenta. Salvador da Silva foi flagrado pela PRF atravessando a rodovia bem próximo a uma passarela. Quando questionado porque não usou o a passarela ela disse que “não usou porque a passarela estava muito longe”. “É muito longe, a gente perde tempo indo até lá, estou com pressa e passei aqui”, disse. Ele foi “orientado”, mais uma vez, pela PRF. “Se não tem passarela vocês (populares) queimam pneus, fecham a rodovia pedindo a passarela. E, quando tem, não usam”, diz, Martinez. “O que acontece aqui, seu Salvador, é que o carro freia para n~]ao atropelar o senhor, aí ele gera um acidente com os carros que vem atrás. O senhor vai embora feliz e deixa um problemão para o motorista que tentou proteger a sua vida, quando o senhor mesmo não fez isso”. O alerta da PRF é bastante válido. “A passarela é o local mais seguro para os pedestres”. Colaboração Índio Maringá/Leco Mendes/Rede Massa

Nenhum comentário: