sexta-feira, abril 06, 2018

Ex-juiz é julgado por tentativa de homicídio contra colega

Começou, nesta sexta-feira (6), por volta das 8h30, o julgamento do ex-juiz federal Jail Benitez Azambuja, acusado de tentar matar o juiz federal Luiz Carlos Canalli, atual desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre. O júri está sendo realizado no Fórum de Umuarama, e presidido pelo juiz federal Sandro Nunes Vieira. O corpo de jurados é composto por quatro homens e três mulheres, e a primeira pessoa ouvida foi Canalli. O crime foi registrado no dia 19 de setembro de 2008, quando a casa de Canalli foi alvo de disparos de arma de fogo. De acordo com as investigações, Azambuja seria o mandante do atentado, e seu motorista e jardineiro, Adriano Roberto Vieira, seria o atirador. Vieira foi julgado em setembro de 2017, e condenado a quatro anos e dois meses de prisão. Após o crime, Azambuja foi aposentado. Ele foi detido em março deste ano, no Mato Grosso do Sul, após não comparecer ao julgamento agendado para o dia 9 de fevereiro, e encaminhado para a Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba. Colaboração O Bemdito

Nenhum comentário: