sexta-feira, abril 20, 2018

Julgamento de advogada maringaense é adiado em Curitiba

Estava previsto para acontecer na manhã desta quinta-feira (19) no Tribunal do Júri de Curitiba, o julgamento da advogada maringaense Sandra Becker. O Juiz de Direito, Moacir Antônio Dala Costa, aceitou o pedido da defesa para adiar a sessão de julgamento. O advogado Cláudio Delladone, que é considerado um dos melhores criminalistas do Brasil, conseguiu na justiça transferir o júri de Sandra Becker que aconteceria em Maringá para ser realizado na capital. A defesa alegou que por se tratar de um crime que gerou repercussão na cidade, que houvesse imparcialidade durante seu julgamento. A data para o novo julgamento de Becker não foi definida. A advogada Sandra Becker é acusada de mandar matar Lourival Alves. Na época do crime, Sandra afirmou que o noivo foi baleado ao reagir a uma tentativa de assalto. O autor do crime é Marcílio Aparecido Ribeiro, que era cliente da advogada criminal. Ribeiro alegou ter assassinado Lourival Alves por causa de episódios de violência doméstica contra a advogada. Segundo a polícia, Sandra Becker chegou a registrar cinco boletins de ocorrência contra o noivo, por violência doméstica. O ex-presidiário Marcílio Ribeiro, que estava em liberdade após cumprir oito anos de cadeia por roubo e tráfico, isentou a advogada de envolvimento no crime. Durante a investigação, uma pistola calibre 380 foi apreendida pela Polícia Civil de Maringá na casa da advogada Sandra Becker. André Almenara

Nenhum comentário: