quarta-feira, abril 18, 2018

Pai estaria mantendo um filho em cárcere privado e explorando financeiramente outro

A equipe da Polícia Militar recebeu a denúncia de que um morador da Rua Umuarama, na Vila Guaíra, estaria explorando financeiramente um dos filhos e mantendo o ouro em uma espécie de cárcere privado. O caso aconteceu na tarde de domingo, 15. A denúncia é que o pai, que mora sozinho com os filhos de 13 e 16 anos, os agride com frequência. Ele não teria um trabalho fixo e pega integralmente o rendimento do filho mais velho, de cerca de R$ 600,00, não permitindo nem mesmo que ele compre roupas e calçados. Na última semana, o filho de 13 anos chegou em casa, ao retornar à noite de uma escola, e foi agredido violentamente com uma cinta. O filho mais velho foi agredido no domingo com um pedaço de pau. O pai ainda vendeu o telefone celular comprado pelo filho. Ao ser abordado pela equipe da Polícia Militar, o pai admitiu ter espancado o filho, mas disse que era sua maneira de “educar”. O caso foi acompanhado pela equipe do Conselho Tutelar, uma vez que os filhos não queriam falar na presença do pai, que foi encaminhado para a Delegacia de Polícia, para as medidas cabíveis. Fonte: GoioNews

Nenhum comentário: