quinta-feira, abril 19, 2018

Réus são absolvidos de crime de homicídio que aconteceu em Sarandi

Terminou no final da tarde desta quarta-feira (18), o julgamento de dois rapazes que estavam sendo acusados de terem praticado um crime de homicídio em fevereiro de 2017 na cidade de Sarandi. Os réus Hilton Jhon Roberto da Silva, de 20 anos, e Israel Vinicius Fagundes Mantovani, de 23, foram absolvidos do crime de homicídio duplamente qualificado. A vítima Wesley Fernando de Oliveira, de 27 anos, o conhecido "jacaré", foi morta com vários tiros na rua Camapuã, no Jardim Esplanada. Os autores do crime fugiram na época de bicicleta. Uma investigação foi feita pela Polícia Civil de Sarandi. Testemunhas foram ouvidas, e a conclusão do inquérito policial apontava que Hilton Jhon e Israel Vinicius seriam os autores do assassinato. Os dois rapazes foram presos na época pela PC. No júri popular que aconteceu no Fórum de Sarandi, o Juiz Marcio Augusto Matias Perroni presidiu a sessão, acompanhado da Promotora de Justiça, Mônica Maciel Gonçalves. O advogado de Sarandi, Reginaldo Munhoz Rodrigues, que defendeu Hilton Jhon, ficou satisfeito com a decisão do corpo de jurados. O advogado maringaense, criminalista Dr. Ragiotto, também ficou satisfeito com a decisão dos jurados. Os advogados criminais disseram ao repórter André Almenara que os réus foram absolvidos por negativa de autoria, ou seja, não ficou confirmado que os dois rapazes participaram da morte de Wesley Fernando. Israel Vinicius Fagundes Mantovani deverá ser colocado em liberdade nas próximas horas. Já Hilton Jhon que tem uma condenação por tráfico de drogas ainda permanecerá detido na delegacia. Da acusão do homicídio, Hilton está livre. André Almenara

Nenhum comentário: