quinta-feira, maio 24, 2018

Cirurgias eletivas são suspensas na Santa Casa

As cirurgias eletivas da Santa Casa de Maringá foram suspensas a partir desta quinta-feira (24). A paralisação dos caminhoneiros entrou no quarto dia e foi necessário tomar essa medida para garantir o funcionamento do maior hospital da região. O comunicado feito por José Pereira, Superintendente da Santa Casa, informou que as refeições de 1,4 mil funcionários e 450 médicos foram suspensas, para garantir a alimentação dos pacientes. As cirurgias eletivas, aquelas de menor gravidade, que correspondem a 60% do total de cirurgias realizadas no hospital, também foram suspensas. Já os partos, cerca de 300 feitos por mês, continuam sem restrições. Os atendimentos emergenciais continuam normalmente. As medidas restritivas são necessárias para garantir o funcionamento da Santa Casa por um prazo de pelo menos 10 dias. Com informações de Geovan Petry e Creval Sabino/Rede Massa

Nenhum comentário: