quarta-feira, maio 23, 2018

Manifestação de caminhoneiros afeta o transporte público

O protesto dos caminhoneiros chegou ao terceiro dia nesta quarta-feira (23). Em Maringá, o desabastecimento de combustível afetou o transporte coletivo. Para evitar a paralisação do serviço, a Secretariaria de Mobilidade Urbana e a empresa responsável pelos ônibus estudam uma maneira para o sistema continuar funcionando. As linhas do período de baixo movimento serão desativadas para que os veículos circulem em horários de pico. Uma nova planilha de horários e linhas está sendo elaborada especialmente para o período de manifestação. Medidas estão sendo tomadas para possíveis problemas no serviço escolar, coleta de lixo e funcionamento de ambulâncias. Colaboração Prefeitura de Maringá/ Guilherme Fortunato

Nenhum comentário: