sábado, maio 26, 2018

Polícia Civil destrói mais de 200 celulares apreendidos

Pelo menos 200 celulares e outros aparelhos eletrônicos apreendidos durante operações bate-grade dentro da cadeia de Campo Mourão, foram destruídos por um rolo compressor na manhã desta quinta-feira. A destruição foi autorizada pela justiça, após os equipamentos já não terem mais utilidade nos processos que tramitam no Fórum. “São lixos eletrônicos, apreensões de processos findos que já tramitaram pela 2ª Vara Criminal. São aparelhos apreendidos pela polícia, os quais, após findada a instrução, o juiz autoriza a destruição”, disse Camila Arusca, chefe da Secretaria da 2ª Vara Criminal da comarca de Campo Mourão. A maioria dos aparelhos foram apreendidos junto aos presos, ou com pessoas que pretendiam passar os equipamentos para os detentos, no período de 2016 a fevereiro de 2018. A 2ª Vara Criminal também aproveitou para destruir alguns objetos eletrônicos que já tinham mais serventia nos processos. A destruição ocorreu no pátio da 16ª SDP. Os resíduos que restaram dos equipamentos serão encaminhados para a coleta de lixo reciclável, junto à Seleta Ambiental. Fonte: TaSabendo

Nenhum comentário: