domingo, junho 10, 2018

Irmão que atirou na cabeça da própria irmã é condenado a 14 anos de prisão

O irmão de Thaysa Vilas Boas, de 22 anos, foi condenado a 14 anos e três meses de prisão por tentativa de homicídio contra ela e homicídio simples contra o bebê que ela esperava. Danilo Emanuel Vilas Boas atirou na cabeça da própria irmã, em julho de 2016, em Tapejara, quando a jovem estava grávida de sete meses. O julgamento foi realizado nesta sexta-feira (8), em Cruzeiro do Oeste. Danilo cumpre pena na Penitenciária de Cruzeiro do Oeste desde agosto de 2016. Em depoimento, ainda naquele ano, o irmão de Thaysa confessou o crime e alegou que estava sob efeito de drogas. Ele ainda afirmou que confundiu a jovem com o ex-namorado dela. A jovem vive em estado vegetativo desde o dia do crime. Ela foi baleada enquanto se arrumava para sair de casa e ir ao médico. Os médicos retiraram o bebê do ventre da jovem, mas ele morreu três dias depois. De acordo com o Ministério Público do Paraná (MPPR) a pena total era de 16 anos, sete meses e três dias, mas foram descontados os dois anos, três meses e 20 dias que ele já cumpriu. Massa News

Nenhum comentário: