quarta-feira, junho 06, 2018

Mulher teria caído em golpe via Whatsapp

A vítima, moradora de Jandaia do Sul, relatou a Polícia que iniciou uma conversa via Whatsapp com uma mulher no dia e quatro de maio. O grupo tratava de pessoas interessadas de revenda de roupas, onde duas mulheres se identificavam como proprietárias de uma fábrica de confecções em São Paulo. Segundo a PM, a solicitante informou que elas postavam imagens de roupas (que seriam da confecção de propriedade delas) com os valores embaixo. As interessadas em serem revendedoras, escolhiam as peças pelo grupo e faziam o depósito do valor final da compra até a data de oito de maio e o prazo para a entrega da mercadoria seria de sete dias úteis. A vítima fez um depósito no valor de R$ 544,88 na data de oito de maio e, no dia nove, o grupo de Whatsapp foi desfeito e a solicitante não conseguiu mais contato com as duas mulheres. Como as mercadorias não chegaram até segunda-feira (4) a vítima resolveu registrar um boletim de ocorrência. Mandaguari Online

Nenhum comentário: